Edu Gaspar avalia suspensão de Guerrero como 'dura demais' e revela que escondeu de Tite

Edu Gaspar avalia suspensão de Guerrero como 'dura demais' e revela que escondeu de Tite

Edu Gaspar escondeu suspensão de Guerrero do técnico Tite

Edu Gaspar escondeu suspensão de Guerrero do técnico Tite

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O gerente de futebol Edu Gaspar mostrou que conhece muito bem o técnico Tite nessa quarta-feira. Edu recebeu a informação da suspensão do Guerrero no fim da tarde, horas antes do jogo contra o Once Caldas, e escondeu do comandante alvinegro.

"Não quis falar nada para o Tite, por causa do jogo. É uma pena (a punição). Tirar um jogador do nível do Paolo de mais dois jogos, logo no início da competição... A gente sabe o quanto é importante começar com o time completo, ganhando. Chegou um e-mail para mim hoje (quarta-feira) à tarde, não consegui nem falar direito com o departamento jurídico, embora a decisão esteja tomada", explicou.

E ele estava certo. Ao saber que perderia seu atacante por mais dois jogos (Guerrero foi suspenso por três, mas cumpriu o primeiro contra o Once Caldas), o treinador ficou muito irritado. Durante a coletiva de imprensa, a irritação era visível, mas ele optou por não fazer comentários sobre o assunto.

Edu Gaspar recebeu por e-mail o comunicado da Conmebol no final da tarde desta quarta-feira. Guerrero só retorna contra o Danubio, no dia 17 de março. Preocupado com a reação de Tite e dos jogadores, a punição só foi revelado no vestiário, após o empate por 1 a 1 com o Once Caldas e a classificação para a fase de grupos da Libertadores garantida.

Sobre a suspensão do atacante, Gaspar foi direto.

"Sinceramente, achei duro demais, porque o árbitro considerou o lance como uma agressão. Eu não achei. A partir do momento em que você considera agressão, obviamente que o atleta vai tomar uma suspensão mais dura", analisou.

Veja Mais:

  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Alessandro falou sobre o planejamento do Corinthians para 2018

    Alessandro explica busca de reforços e comenta volta de dois emprestados: 'Díficil'

    ver detalhes
  • Super carros do Monster Jam já estão na Arena Corinthians

    Carros gigantes chegam à Arena Corinthians para evento deste sábado; veja fotos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes