Corinthians briga para diminuir punição a Guerrero

Corinthians briga para diminuir punição a Guerrero

Por Meu Timão

19 mil visualizações 115 comentários Comunicar erro

Corinthians luta para diminuir a pena de Guerrero

Corinthians luta para diminuir a pena de Guerrero

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O atacante peruano Paolo Guerrero foi suspenso por três jogos pela Conmebol devido a uma cotovelada que ele deu no primeiro jogo contra o Once Caldas. Com a punição, o atacante deve perder as duas primeiras rodadas da fase de grupos: São Paulo e San Lorenzo.

- Estamos conversando com advogados, buscando alguns caminhos. Normalmente na Conmebol isso não é possível, mas vamos procurar outros caminhos - disse Roberto de Andrade ao SporTv.

(A punição) É um pouco severa pelo fato de o árbitro caracterizar na súmula como agressão', entende o mandatário corintiano. 'A agressão acontece em uma briga, é um pontapé, e acho que não foi esse o caso. Foi uma disputa de bola. Talvez ele tenha aberto um pouco o braço, mas tudo normal - finalizou o mandatário.

O lance que resultou em suspensão ao camisa 9 aconteceu no último dia 4. Ainda no primeiro tempo da vitória sobre o Once Caldas, da Colômbia, Guerrero dividiu no alto e ao descer acertou cotovelada em Pérez. O árbitro, Patrício Loustau , deu o cartão vermelho direto ao atleta.

Veja Mais:

  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Corinthians empatou com o Vitória em 2 a 2 nesta rodada

    Concorrentes tropeçam, e Corinthians abre leve distância para Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ralf foi eleito craque da partida no entendimento dos torcedores do Corinthians

    Veteranos são eleitos 'craques' do Corinthians no Barradão; Avelar beira nota zero

    ver detalhes
  • Jadson foi autor do primeiro gol do Corinthians contra o Vitória, em Salvador

    Jadson reconhece situação desconfortável do Corinthians no Brasileiro e lamenta 'gols dados'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes