Descaso de autoridades pode virar problema sério no clássico da Arena

Descaso de autoridades pode virar problema sério no clássico da Arena

Por Meu Timão

Metrôs e trens não mudarão horário de funcionamento para torcidas

Metrôs e trens não mudarão horário de funcionamento para torcidas

Quando o assunto é torcida organizada, a atitude mais comum das autoridades tem sido a omissão - e dessa vez a história parece não ser diferente. Secretaria de Transporte e PM estão ignorando a logística da volta dos torcedores rivais.

Como o clássico termina por volta da meia noite na Arena Corinthians, o tempo para saída dos torcedores do São Paulo - que precisarão esperar os corinthianos deixar o estádio - não seria suficiente para que os mesmos chegassem ao metrô/trem em funcionamento.

Enquanto o metrô funciona até 0h30, a estação da CPTM, que provê o serviço de trens, irá fechar às 0hs. Por esse motivo, representantes do São Paulo fizeram pedidos aos órgãos responsáveis para que alterassem o funcionamento do transporte público, mas foram ignorados.

Já a PM, sugeriu que os torcedores são paulinos voltassem de ônibus fretado; e não oferecerão escolta. Segundo membros das organizadas, porém, nenhuma empresa que oferece o serviço aceita a tarefa, uma vez que há muito risco dos ônibus serem danificados.

Apesar de ferir o estatuto do torcedor - que garante ao torcedor direito de transporte na ida e na volta do estádio a situação vem sendo tratada com descaso. Por isso, a torcida do São Paulo promete voltar a pé do estádio - o trajeto de 22km, além de extenso seria cenário para emboscadas e guerra entre torcedores.

O problema do horário afeta também os próprios torcedores do Corinthians, que terão dificuldade de sair do estádio a tempo. Sem opções de transporte, há risco também dos torcedores rivais se encontrarem nos arredores da estação.

Veja Mais:

  • Facebook é a rede social com mais seguidores do Corinthians

    Principais redes sociais do Corinthians renderam R$ 1 milhão no último ano

    ver detalhes
  • Romarinho dá a cavadinha, encobre Orión e empata a primeira final na Bombonera

    Gol de Romarinho na Bombonera faz cinco anos: 'Marcado na minha vida e na história do Corinthians'

    ver detalhes
  • Jô é o artilheiro do Corinthians nessa fase invicta

    Corinthians completa 100 dias sem derrota; equipe de Carille tem a sexta maior série do clube

    ver detalhes
  • Timão ainda não perdeu na atual edição do Brasileirão

    Corinthians abre dez pontos de vantagem para rival que está no G4; veja a classificação

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes