Mimimi de Ganso pode render punição da Conmebol

Mimimi de Ganso pode render punição da Conmebol

Por Meu Timão

10 mil visualizações 184 comentários Comunicar erro

Elias comemorando gol do Corinthians contra o São Paulo

Elias comemorando gol do Corinthians contra o São Paulo

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Mesmo com a equipe são paulina não dando um chute ao gol do Corinthians durante 90 minutos, se depender de Paulo Henrique Ganso, a culpa da derrota do clube do Morumbi foi do árbitro.

- Desde o começo falei para a diretoria que precisava ser um árbitro de fora. Alguém do futebol brasileiro com certeza apitaria para o Corinthians - reclamou Ganso.

Segundo o ex-santista, o mais grave foi uma suposta falta não marcada de Sheik em cima de Bruno, que resultou no segundo gol do Timão.

- Aquilo não foi erro, foi roubo. Ele tinha que sair daqui de camburão. Se o Serginho Chulapa ainda fosse do São Paulo, com certeza ele iria lá ao vestiário do árbitro para bater nele. Só que não pode mais fazer isso no futebol e ele faz isso aí. E no final de semana, estará apitando normalmente. O que ele fez foi palhaçada. O segundo gol foi para acabar de vez com a partida - finalizou o meia frustrado.

Por ter chamado o árbitro de ladrão, o mimimi do atleta pode render punição da Conmebol.

Veja Mais:

  • Sornoza pode se tornar o quinto reforço do Corinthians para 2019; Fluminense quer atletas

    Sornoza aceita oferta do Corinthians, mas contrapartida com dupla de emprestados emperra

    ver detalhes
  • Ex-Fluminense, Richard foi anunciado oficialmente pelo Corinthians nesta segunda-feira

    Saiba mais sobre o volante Richard, quarto reforço do Corinthians para 2019

    ver detalhes
  • Trio ganhou espaço no segundo semestre e reencontra treinador em outro patamar

    Jogadores ganham espaço no segundo semestre e reencontram Carille em outro patamar no Corinthians

    ver detalhes
  • Richard é o novo jogador do Corinthians

    Corinthians anuncia contratação de Richard

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes