Com dúvida de Jadson, time chinês já procura outra opção no mercado

Com dúvida de Jadson, time chinês já procura outra opção no mercado

Por Meu Timão

8.6 mil visualizações 99 comentários Comunicar erro

Jadson ainda pensa em ficar no Corinthians

Jadson ainda pensa em ficar no Corinthians

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

Enquanto no Brasil a preocupação é com a saída de Jadson, jornais espanhóis cobrem sua novela particular - o time chinês Jiangsu Sainty também faz investidas por Jorge Sammir. O brasileiro naturalizado croata joga pelo Getafe.

A curiosidade é que o jogador tem exatamente as mesmas características de Jadson - atuando como um armador no time espanhol. Os valores, também são os mesmos: os chineses ofereceram 5 milhões de euros para contar com Jorge.

As informações a respeito do interesse foram publicadas ontem no jornal Marca - o principal periódico esportivo da Espanha. Por isso, podem ser indício que a essa altura os chineses desconfiam mesmo que Jadson fique no Brasil.

Vale lembrar que o Jiangsu tem somente mais uma vaga para um estrangeiro em seu time - pela regra na China, são permitidos no máximo cinco contratados por equipe. Com isso, caso acerte com Sammir, o clube não teria mais como contar com o meia corinthiano.

Veja Mais:

  • Michel Macedo chegou a negociar com o Corinthians no meio da temporada

    Corinthians volta a negociar com o lateral-direito Michel, ex-Las Palmas; atleta viria em definitivo

    ver detalhes
  • Em posição irregular, Leandro Damião anotou gol ilegítimo sobre Corinthians

    Auxiliar que prejudicou Corinthians contra o Internacional é afastado da Série A

    ver detalhes
  • Ralf pode retomar titularidade para decisão contra os cariocas

    De provável retorno a possíveis novidades: o panorama do Corinthians para a decisão de quarta-feira

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou o Corinthians em julho e hoje atua no Pyramids (EGI)

    No Egito, Rodriguinho exalta período no Corinthians e reafirma desejo de voltar

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes