Torcida mista funciona em Gre-Nal e pode ser aplicada em Majestoso

Torcida mista funciona em Gre-Nal e pode ser aplicada em Majestoso

Por Meu Timão

Torcedores do Grêmio e Internacional dividiram um setor de torcida mista no Beira Rio

Torcedores do Grêmio e Internacional dividiram um setor de torcida mista no Beira Rio

Foto: Reprodução - Twitter

Pela primeira vez em anos, o sistema de torcida mista foi testado em um clássico do futebol brasileiro. O "experimento" aconteceu em Porto Alegre, neste domingo, em partida válida pelo Campeonato Gaúcho. No jogo, torcedores do Internacional e Grêmio dividiram o mesmo espaço nas arquibancadas e pediram por paz.

O setor misto foi composto por mil ingressos para gremistas e mil ingressos para colorados - que carregaram bandeiras e mensagens defendendo a paz nos estádios. A partida correu sem incidentes no setor misto. Houve confusão na torcida, mas na área destinada apenas aos torcedores do Grêmio. Alguns membros de torcidas organizadas entraram em conflito com a polícia na chegada ao Beira-Rio e também danificaram banheiros no estádio do rival.

Com o sucesso da iniciativa, que é vista como uma saída para minimizar a violência entre torcidas rivais, há chances do modelo ser replicado em outros estádios do Brasil. Em São Paulo, o presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, manifestou interesse em separar um setor exclusivo do estádio do Morumbi para que os rivais possam acompanhar a o clássico juntos.

"Quero ver cidadão com camisa do Corinthians ao lado do cidadão com camisa do São Paulo, dentro do estádio do São Paulo, a exemplo do que fez o Inter. Precisamos dar esse exemplo", disse em entrevista recente à rádio Bandeirantes.

Corinthians e São Paulo se enfrentam no próximo domingo, no Morumbi, pelo Paulistão. A princípio, o plano do presidente são-paulino é viabilizar a iniciativa apenas para o jogo de volta fa d

No próximo fim de semana, Corinthians e São Paulo se enfrentarão no Morumbi. Porém, a princípio, o plano de Aidar é viabilizar a iniciativa apenas para o segundo clássico, no dia 22 de abril. O jogo acontecerá pelo confronto de volta da fase de grupo da Libertadores 2015.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de Igor

    Ranking: 732º

    Igor 743 comentários

    por @igor.moreno1

    Se o Presidente do SPFC fizer isso eu irei com minha namorada São Paulina, Meu irmão Corinthiano e o meu irmão São Paulino. Vou realizar um sonho que é ver um majestoso no estádio com as pessoas que mais amo. Que o Roberto faça o mesmo na Arena Corinthians. #Paz

  • Foto do perfil de ISAQUE

    Ranking: 1571º

    Isaque 376 comentários

    por @ysacshow

    A iniciativa é valida e funcional. Nesses setores destinados ao torcedores Mistos, Não existe possibilidade de confronto, por que?

    Os ingressos são destinados a pessoas que, tem como parceiro uma pessoa que torce para o time rival ao seu, tem em casa seu pai ou mãe, que gostam do time rival ao seu, tem no trampo ou até mesmo na quebrada um parceiro que apoia o rival do seu time.

    Sendo assim estes ingressos serão destinadas apenas as pessoas que QUEREM assistir um clássico do lado do rival.

    Não existe maldade, não existe loucura na iniciativa.

    O que o Gre-Nal colocou em prática é o que a muito tempo, o torcedor de boa índole deseja.

    PAZ NOS ESTÁDIOS.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Wenderson

    Ranking: 47º

    Wenderson 5630 comentários

    74º. por @wenderson.alexandre

    Isso é ridículo, pois esses torcedores que se misturam, não são os msms que brigam nos estádios.

  • Foto do perfil de João

    Ranking: 282º

    João 1575 comentários

    73º. por @barretos

    No futebol não existem inimigos, existe sim é adversário! A família tem que ocupar o que é seu por direito, o hábito de frequentar os estádios. Os brigões e arruaceiros que fiquem do lado de fora e distantes do estádio

    Foto do perfil de ISAQUE

    ISAQUE 376 comentários

    02/03/2015 às 09h32 por @ysacshow

    A iniciativa é valida e funcional. Nesses setores destinados ao torcedores Mistos, Não existe possibilidade de confronto, por que?

    Os ingressos são destinados a pessoas que, tem como parceiro uma pessoa que torce para o time rival ao seu, tem em casa seu pai ou mãe, que gostam do time rival ao seu, tem no trampo ou até mesmo na quebrada um parceiro que apoia o rival do seu time.

    Sendo assim estes ingressos serão destinadas apenas as pessoas que QUEREM assistir um clássico do lado do rival.

    Não existe maldade, não existe loucura na iniciativa.

    O que o Gre-Nal colocou em prática é o que a muito tempo, o torcedor de boa índole deseja.

    PAZ NOS ESTÁDIOS.

  • Foto do perfil de Wesley

    Wesley 32 comentários

    72º. por @wlacod8

    Lembrem, somos rivais não inimigos. Tenho um tio são paulino e um outro tio palmeirense. Tenho um primo flamenguistas e outro vascai(dos) rsrs não aguentei foi mal (o pior é que ele reconhece que o vasco é horrível rsrs). E amo a todos, porque são da minha família!

  • Foto do perfil de Ramon

    Ranking: 276º

    Ramon 1606 comentários

    71º. por @ramon.felipe1

    Acho válido, o problema é que a bixarada vai querer sentar no nosso colo kkkk

  • Foto do perfil de Fabiano

    Ranking: 1053º

    Fabiano 553 comentários

    70º. por @fabiano.schiavi

    Vão me negativar, mas eu acho besteira isso. Não porque eu seja a favor da violência e contra a paz no futebol. Ao contrário, sou o primeiro a criticar quando os bandidos das organizadas se matam ou matam inocentes. A questão é a seguinte: isso funciona muito bem com um público selecionado, com casais, famílias etc, que com certeza não arrumarão brigas naquele setor do estádio... Mas quem garante a segurança fora dali, nos outros setores do estádio? Ou até mesmo fora, onde o pessoal da organizada se encontra? Muito bonito na primeira fase de um estadual, onde não vale muita coisa... Mas e numa final de Libertadores? Quem garante que saindo dessa torcida mista com minha namorada são paulina, não seremos agredidos por organizadas de qualquer dos times, dizendo que traímos nossa torcida? No dia que isso for realidade em TODOS os jogos, aí é outra história. Isso é muito bonito em capa de jornal ou no Globo Esporte, mas na prática, não acaba com o problema da violência, apenas mascara.

  • Foto do perfil de Ronaldo

    Ranking: 28º

    Ronaldo 9229 comentários

    69º. por @ronaldo.francisco.al

    Boa iniciativa tomara que de certo

  • Foto do perfil de Daniel

    Ranking: 2432º

    Daniel 234 comentários

    68º. por @danielfiel84

    - O Grenal acabou sem gols, se tivessem saído, talvez haveriam ânimos exaltados.Mas foi muito válido tentar.
    - Por outro lado, se isso fizer com que mães parem de chorar a morte dos filhos em brigas de torcida, que se F0d@ a rivalidade.

    Foto do perfil de Mauro

    Mauro 1510 comentários

    02/03/2015 às 20h14 por @mauro.batista

    Para não sair briga tem que empatar o jogo.
    e a rivalidade vai acabando aos poucos.
    podem me negativarem a vontade mais eu sou contra esse tipo de coisa.

  • Foto do perfil de Flavio

    Flavio 38 comentários

    67º. por @flavio.fonseca

    Ta sobrando lugar no panetone no jogo delas msm, vão por os corintianos lá pra faze volume kkkkkk

  • Foto do perfil de Hermes

    Ranking: 170º

    Hermes 2328 comentários

    66º. por @hermes.henrique

    Acabei de ouvir que o Aidar do SP, até gostaria de fazer isso, mas ficou difícil por causa das vendas dos ingressos, os cartolas tem que sentar e negociar, mas isso tem que ser previamente, organizado a ideia é muito legal sempre digo, somos apenas rivais não inimigos.

  • Foto do perfil de Mauro

    Ranking: 296º

    Mauro 1510 comentários

    65º. por @mauro.batista

    Para não sair briga tem que empatar o jogo.
    e a rivalidade vai acabando aos poucos.
    podem me negativarem a vontade mais eu sou contra esse tipo de coisa.