No site oficial, Timão brinca após vitória: 'Perdão, Papa!'

O Corinthians venceu o San Lorenzo na Argentina, e não perdoou - pelo site, o time brincou com o torcedor mais ilustre dos adversários: o Papa Francisco.
Pelo site, Timão brincou após a vitória

Pelo site, Timão brincou após a vitória

Foto: Reprodução

O Corinthians venceu o San Lorenzo na Argentina, e não perdoou - pelo site, o time brincou com o torcedor mais ilustre dos adversários: o Papa Francisco. Na matéria, o Timão lembrou que a vitória foi o fim de tabu, já que pela primeira vez o Timão venceu um time argentino jogando fora de casa pela Libertadores.

Na matéria, a mensagem simpática do Timão comemorou a vitória: "Que o papa Francisco nos perdoe, mas aqui é Corinthians!", mas citou os 'milagres' na partida. O clube reconheceu que o San Lorenzo foi um adversário trabalhoso, e por isso, evidenciou o trabalho do goleiro Cássio.

Confira um trecho da matéria:

Muito se fala sobre a proteção que o time argentino tem graças ao papa Francisco, torcedor histórico da equipe. Mas quem fazia milagres era Cássio. Foram várias defesas, sendo que uma foi um autêntico milagre. O San Lorenzo tentou de tudo, até com a famosa catimba. Não deu nem com as bençãos do papa.

No site oficial, Timão brinca após vitória: 'Perdão, Papa!' No site oficial, Timão brinca após vitória: 'Perdão, Papa!' 95
2015-03-05T00:25:45-03:00

Veja Mais:

  • Sassá, de 22 anos, vem se destacando pelo Botafogo

    Corinthians tem interesse em contratar artilheiros do Botafogo e do CRB

    ver detalhes
  • Há dez jogos como titular absoluto, Rodriguinho está fora do duelo contra o Botafogo

    Intocável no Corinthians, meia fica de fora pela primeira vez em dez jogos

    ver detalhes
  • Corinthians e Cruzeiro se enfrentam nesta quarta, em Itaquera

    Globo deixa rival de lado e exibe Corinthians e Cruzeiro para sete estados do Brasil

    ver detalhes
  • Rodrigo treinou normalmente na manhã desta segunda-feira

    Recuperado de lesão, joia da base treina pela primeira vez no CT

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes