Corinthians já tem dois reforços garantidos para enfrentar o São Paulo

Corinthians já tem dois reforços garantidos para enfrentar o São Paulo

Por Meu Timão

Sheik pode voltar a atuar contra o São Paulo, dessa vez pelo Paulista

Sheik pode voltar a atuar contra o São Paulo, dessa vez pelo Paulista

Foto: Getty

Guerrero e Sheik, ausentes na partida da última quarta-feira, vitoriosa contra o San Lorenzo, podem ser os reforços de Tite no próximo confronto de domingo, pelo Campeonato Paulista, contra o São Paulo, no Morumbi.

Sheik participou normalmente dos treinos no CR Dr. Joaquim Grava enquanto o elenco estava na Argentina. Logo, o DM garantiu que a lesão no joelho do jogador já foi devidamente tratada e que o atacante já está em condições para voltar a atuar.

O caso de Guerrero é diferente. O camisa 9 cumpriu três jogos de suspensão, após ser expulso na partida de ida contra o Once Caldas. Durante a estadia da equipe em Buenos Aires, o atacante foi liberado de dois dias de treino e conseguiu viajar ao Peru.

Em contraponto do possível retorno do ataque titular, o Corinthians volta de viagem com algumas preocupações: Mendoza e Renato Augusto. Lesionados na partida contra o San Lorenzo, os jogadores serão avaliados pelo DM assim que chegarem em São Paulo, nesta quinta-feira.

No setor ofensivo, Tite pode contar com o improviso de Danilo, sempre decisivo em partidas contra o São Paulo, Vagner Love, Romero, Luciano e Malcom.

Será difícil suspender o rodízio da equipe, que a torcida está acostumada a ver nos últimos jogos. A escalação está nas mãos de Tite, e só então saberemos quais são as prioridades e quem será poupado. Vale lembrar que o Timão volta atuar pela Libertadores somente daqui a duas semanas, o que pode dar novas possibilidades ao técnico.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes