Ayrton Senna é homenageado, mas sem nome na camisa dos jogadores

Ayrton Senna é homenageado, mas sem nome na camisa dos jogadores

Por Meu Timão

Crianças entraram no gramado com plaquinhas em homenagem a Ayrton Senna

Crianças entraram no gramado com plaquinhas em homenagem a Ayrton Senna

Foto: Divulgação

O Corinthians homenageou o eterno ídolo alvinegro, Ayrton Senna, na partida contra o Red Bull. As crianças que entraram no gramado com os jogadores carregaram placas com os dizeres: #SennaSempre. O Senninha, uma espécie de mascote do piloto, entrou no gramado ao lado do elenco alvinegro, brincou com a torcida ao som de "Aqui tem um bando de louco" e deu o pontapé inicial da partida.

Entretanto, os jogadores, que usariam uma camisa homenageando o ex-piloto, entraram com o uniforme tradicional no gramado da Arena Corinthians.

A ação, em comemoração ao 55º aniversário do piloto, que será comemorado no próximo dia 21, contava com inscrições de #SennaSempre na barra das camisas alvinegras. As peças seriam autografadas e leiloadas pelo Instituto Ayrton Senna (IAS).

Essa não seria a primeira ação em parceria com o Instituto. No ano passado, os jogadores do Corinthians entraram no gramado no duelo contra o Nacional-AM, pela Copa do Brasil, usando réplicas do capacete usado por Senna.

Veja Mais:

  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Recuperado de lesão, Balbuena foi relacionado para o Majestoso

    Com retornos confirmados, Corinthians relaciona 21 jogadores para Majestoso

    ver detalhes
  • Gabriel não escondeu seu lado corinthiano em entrevista

    Gabriel diz torcer pelo Corinthians desde criança e explica sensação de ter jogado pelo Palmeiras

    ver detalhes
  • Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes