Mais um clube europeu demonstra interesse em Paolo Guerrero

Mais um clube europeu demonstra interesse em Paolo Guerrero

Por Meu Timão

Guerrero é alvo de interesse de dois clubes italianos

Guerrero é alvo de interesse de dois clubes italianos

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Enquanto o futuro de Paolo Guerrero segue indefinido e o atacante não renova seu contrato com o Corinthians, as sondagens de clubes europeus devem começar a ser algo frequente para os representantes do atacante.

O interessado da vez é a Sampdoria, onde também atua o camaronês Samuel Eto´o. Os italianos pensam em ter o atacante do Timão atuando a favor deles no segundo semestre de 2015. A informação é do site italiano Calcio.web.

Como faltam menos de seis meses do final do contrato entre o Guerrero e o Corinthians, o peruano pode já fazer um pré-contrato com qualquer outra equipe sem precisar da autorização do Timão.

Com o interesse da Sampdoria, agora dois clubes italianos podem disputar para contar com o centroavante. O outro potencial destino do atleta é a Inter de Milão. Nessa semana, foi noticiado que o atleta teria sido oferecido pelos agentes do peruano.

Com 31 anos, o que pesa para Guerrero renovar seu contrato com o Corinthians é o alto valor de luvas exigido pelo atacante (7 milhões de dólares, aproximadamente 22.4 milhões de reais). Desde o segundo semestre de 2014, a diretoria do Timão vem negociando com os representantes do jogador.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes