Apesar de atraso, Timão já está em Montevidéu para enfrentar o Danubio

Apesar de atraso, Timão já está em Montevidéu para enfrentar o Danubio

Por Mayara Munhoz, direto de Montevidéu

Cássio na área de imigração no meio dos torcedores do Timão

Cássio na área de imigração no meio dos torcedores do Timão

Foto: Meu Timão

Apesar de um atraso no desembarque, a delegação do Corinthians já está em Montevidéu, no Uruguai. Jogadores e comissão técnica chegaram por volta das 13h dessa segunda-feira - uma hora depois do horário programado.

O atraso aconteceu devido a chegada de aviões do exército do Uruguai no aeroporto de Montevidéu. Por isso, o grupo demorou mais tempo para passar para a imigração e seguir até o hotel.

A reportagem do Meu Timão, que viajou no voo que saiu do Aeroporto de Guarulhos uma hora após o do Corinthians, passou pela imigração no mesmo horário. Cerca de dez torcedores alvinegros que também estavam no voo mais tarde foram surpreendidos com a presença dos jogadores no aeroporto. Gritos de "Vai, Corinthians" foram ouvidos na área de imigração.

Após a chegada do elenco ao hotel, os jogadores almoçaram e vão descansar até às 18h30. Depois seguem para o estádio Luis Franzini, local da partida, para fazer o primeiro treino em terras uruguaias e o reconhecimento do gramado.

Corinthians e Danubio acontece nessa terça-feira, às 20h, no estádio Luis Franzini, que pertence ao rival do time uruguaio, o Defensor Sporting Club.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes