Camisa que homenageia Guerrero intriga torcedores

Camisa que homenageia Guerrero intriga torcedores

Por Meu Timão

13 mil visualizações 43 comentários Comunicar erro

Presença da Fisk intrigou torcedores

Presença da Fisk intrigou torcedores

Foto: Reprodução

Na última sexta-feira, Paolo Guerrero recebeu uma homenagem do Corinthians. O jogador foi homenageado pelo seu gol de número 47 no Timão - marca que o fez ultrapassar Tevez pelo Corinthians. Mas a polêmica foi causada por um detalhe observado pelos torcedores.

A camisa, que trazia o número 47 e os dizeres "Guerrero Artilheiro", também trazia nas mangas o antigo parceiro - a escola de inglês Fisk. A presença da marca intrigou os torcedores, que especularam uma possível volta dos patrocinadores.

Apesar de ter deixado as mangas da camisa, a relação entre a marca e o clube é bastante boa. Mesmo sem o patrocínio permanente, a Fisk já chegou a comprar alguns jogos avulsos. Por esse motivo, alguns torcedores desconfiaram que a presença na camisa fosse um indício da volta definitiva da marca.

O mistério para a questão, porém, é mais simples: a homenagem foi gravada em uma das camisas antigas do elenco - o modelo é de 2014, que contava com a presença da Caixa e Fisk, mas ainda sem a Car System.

Veja Mais:

  • João Celeri assinou contrato com o Corinthians na última quarta-feira

    'Destino' pós-Juninho e inspiração em Guerrero: reforço do Corinthians Sub-20 fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Gustavinho foi um dos destaques do Timão em vitória diante do América

    Em recuperação, Corinthians conquista segunda vitória no Campeonato Paulista de Basquete

    ver detalhes
  • Jadson marcou de falta o gol contra a Chapecoense, pela Copa do Brasil

    Análise: Corinthians garante classificação na Copa do Brasil e sofre pouco diante da Chapecoense

    ver detalhes
  • Dupla voltou de Chapecó com problemas físicos e pode se tornar baixa

    Dupla será reavaliada e pode se juntar a Cássio como desfalque para Corinthians no sábado

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes