Coletiva de Petros: Maratona, Penapolense e titularidade

Coletiva de Petros: Maratona, Penapolense e titularidade

Por Meu Timão

Titular na vitória por 2 a 0 sobre a Portuguesa, Petros foi entrevistado na sala de imprensa do CT

Titular na vitória por 2 a 0 sobre a Portuguesa, Petros foi entrevistado na sala de imprensa do CT

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Nesta quarta-feira, pós-vitória do Timão, Petros foi o escolhido para falar com os jornalistas no CT Dr. Joaquim Grava. Confira o que rolou durante a entrevista coletiva do jogador.

Maratona de jogos

Você muda a carga de trabalho, porque não dá para treinar na intensidade que está acostumado. Muito descanso, alimentação regrada, claro que ninguém estará muito bem nas quatro partidas. Para quem não gosta de treinar, jogo em cima de jogo, é muito bacana. Mas tem que se treinar, principalmente pela intensidade dos campeonatos.

Recuperação física

Essa informação é privada. Claro que isso varia muito de organismo para organismo. Uns demoram mais, principalmente com a idade mais avançada. Eu sou um dos privilegiados, a minha recuperação é muito rápida, estou disposto, se ele optar por mim vou jogar sim.

Penapolense

Ficaram poucos jogadores, mas de qualidade. A dupla de zaga é a mesma, o goleiro é o mesmo. Esse ano não engrenou ainda, ano passado fizemos uma campanha fenomenal e fomos campeões do interior. Conhecendo os profissionais do clube, eles vão vir para cima.

Versatilidade

Ele consegue passar e fazer a gente acreditar em tudo. Quando você abre mão de vaidade, porque eu podia ter jogado no meio, eu falei que o Corinthians é muito maior do que todos nós, é nossa obrigação fazer o melhor pelo clube. Não só pelo time, pelos companheiros, pelos funcionários, é uma briga que a gente compra, tenho certeza que é o segredo do sucesso.

Diferenciado

Eu sou um cara de personalidade muito forte, não é da boca pra fora. Eu tomo decisões e demonstro com as minhas atitudes. Eu não vou mudar a minha maneira de ser, o ciclo é muito rápido, o mundo do futebol é rápido. Eu nunca vou deixar de expor a minha opinião, de falar o que o Petros é.

Cobrança

Tem que correr dobrado, o nível é muito igual, o desgaste é enorme. Essa seqüência então, ele ia ter três jogadores para jogar a outra partida, mas ele é desafiador, nos cobra muito. Mas esse aí, estou fora.

Titularidade

Quem me der uma brecha. Não sou muito de escolher, quero dar minha parcela de contribuição em qualquer função. Eu sou um batalhador, na hora que eu tiver a oportunidade, vai ser muito difícil eu largar.

Planejamento

No futebol, você precisa manter uma base. O Corinthians foi feliz de manter quase toda a base do ano passado, chegaram apenas cinco jogadores e nenhum deles é titular.

Elenco

Ano passado, todo mundo falava do Cruzeiro, que era um modelo, com um grupo de praticamente 30 jogadores e esse ano é o Corinthians esse modelo, esse padrão. Tem um grupo muito forte, onde se pode substituir a qualquer momento.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes