Apesar dos gols sofridos, Petros afirma: 'Tite e todos nós estamos felizes'

Apesar dos gols sofridos, Petros afirma: 'Tite e todos nós estamos felizes'

Por Meu Timão

Petros marcou o quarto gol da vitória corinthiana

Petros marcou o quarto gol da vitória corinthiana

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Na noite desta quinta-feira, o Corinthians venceu a Penapolense, em partida válida pela 12º rodada do Campeonato Paulista. O confronto foi o terceiro da maratona de jogos vivida pelo Timão nos últimos dias.

O meia Petros, autor do quarto gol corinthiano na vitória por 5 a 3 sobre a Penapolense, falou sobre a partida e justificou os gols tomados no segundo tempo.

"Um pouco de relaxamento, um pouco de falta de concentração e um pouco de cansaço. Mas acima disso, a gente pôde ficar com a bola, pôde administrar o jogo de uma maneira melhor. O resultado foi bom, 5 a 3, liderança. Tenho certeza que, apesar dos três gols, o Tite e todos nós estamos felizes", constatou.

Ainda sobre a vitória, Petros ressaltou que os jogadores tem que estar ligados e não podem baixar a guarda, mantendo a concentração até o final do jogo. Mesmo assim, o primeiro tempo foi ótimo e a partida serviu como aprendizado para o elenco alvinegro, que não está acostumado a levar tantos gols.

"Dá um gosto amargo, porque talvez a gente fez o melhor primeiro tempo dos últimos tempos. Domínio total, posse de bola total, marcação agressiva, e a gente saiu um pouco chateado por ter levado três gols. Mas serve de aprendizado, foi em um momento que a gente podia ter levado isso, por isso a importância de se fazer logo os gols pra matar o jogo", afirmou.

Veja Mais:

  • Hotel onde a delegação portuguesa está hospedada em São Petersburgo, na Rússia

    Corinthians brinca nas redes sociais com Cristiano Ronaldo hospedado em hotel chamado Corinthia

    ver detalhes
  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes