São Paulo perde e Corinthians continua como líder isolado

São Paulo perde e Corinthians continua como líder isolado

Por Meu Timão

Rival do Corinthians, São Paulo agora depende do Timão para seguir adiante

Rival do Corinthians, São Paulo agora depende do Timão para seguir adiante

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Nesta quarta-feira, os integrantes do chamado 'grupo da morte' da Copa Libertadores da América entram em campo. Neste momento, o Timão encara o Danubio (URU) e quer manter o 100% de aproveitamento na competição.

Já o rival São Paulo, companheiro de chave, atravessa um mal momento. No Nuevo Gasómetro, o time do Morumbi perdeu para o San Lorenzo (ARG) por 1 a 0, com direito a 'golaço' do uruguaio Cauteruccio. Inclusive, o time do Morumbi pode ter sua classificação definida contra o Timão, na última rodada do torneio.

Com o resultado, o Timão seguirá líder isolado do Grupo B, independente do resultado da partida contra o Danubio, na Arena Corinthians. Contudo, mesmo que vença nesta noite, terá que aguardar a próxima partida contra o San Lorenzo (ARG) para garantir a classificação às oitavas-de-final.

Com nove pontos em três jogos, o Corinthians buscará a quarta vitória consecutiva pelo torneio continental e, de quebra, alcançar o melhor início de sua história da Copa Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Líder desde a quinta rodada, Timão tem oito pontos a mais que o vice Grêmio

    Rival direto tropeça e 'gordura' do líder Corinthians volta a crescer

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel está autorizada a frequentar estádios

    Reunião determina retorno das organizadas do Corinthians aos estádios

    ver detalhes
  • Danilo deve retornar aos gramados após longa recuperação

    Corinthians faz nova substituição em lista de inscritos da Copa Sul-Americana

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel (colete) é opção para jogo de quarta-feira; Pedrinho deve iniciar no banco

    De 'chave virada', Corinthians inicia preparação para duelo decisivo com Patriotas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes