Corinthians confirma que Elias não fará boletim de ocorrência contra uruguaio

Corinthians confirma que Elias não fará boletim de ocorrência contra uruguaio

Por Meu Timão

Elias foi chamado de macaco por Gonzalez

Elias foi chamado de macaco por Gonzalez

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

O Corinthians se posicionou oficialmente sobre o lance de racismo envolvendo o meia Elias na partida contra o Danubio, nessa quarta-feira, pela Copa Libertadores. Segundo o chefe de segurança, o Coronel Dutra, o clube optou apenas por relatar o lance na súmula da partida.

Por orientação da diretoria e do técnico Tite, o meia Elias não irá a uma delegacia fazer um boletim de ocorrência contra o zagueiro Cristian González. Aos 24 minutos do primeiro tempo, no lance anterior ao primeiro gol da partida, Elias discutiu com o jogador uruguaio após ser chamado de "macaco" por ele.

Segundo o Coronel Dutra, o lance foi relato a arbitragem e será informado na súmula do jogo.

"Foi falado com o representante da Conmebol e relatado o que o jogador (Elias) passou para nós", declarou o chefe de segurança em entrevista por telefone a Rádio Globo.

Veja o vídeo do momento em que Elias é xingado

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes