Corinthians confirma que Elias não fará boletim de ocorrência contra uruguaio

Corinthians confirma que Elias não fará boletim de ocorrência contra uruguaio

Por Meu Timão

Elias foi chamado de macaco por Gonzalez

Elias foi chamado de macaco por Gonzalez

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

O Corinthians se posicionou oficialmente sobre o lance de racismo envolvendo o meia Elias na partida contra o Danubio, nessa quarta-feira, pela Copa Libertadores. Segundo o chefe de segurança, o Coronel Dutra, o clube optou apenas por relatar o lance na súmula da partida.

Por orientação da diretoria e do técnico Tite, o meia Elias não irá a uma delegacia fazer um boletim de ocorrência contra o zagueiro Cristian González. Aos 24 minutos do primeiro tempo, no lance anterior ao primeiro gol da partida, Elias discutiu com o jogador uruguaio após ser chamado de "macaco" por ele.

Segundo o Coronel Dutra, o lance foi relato a arbitragem e será informado na súmula do jogo.

"Foi falado com o representante da Conmebol e relatado o que o jogador (Elias) passou para nós", declarou o chefe de segurança em entrevista por telefone a Rádio Globo.

Veja o vídeo do momento em que Elias é xingado

Veja Mais:

  • Gabriel é provável titular diante do Linense nesta quarta-feira; seu companheiro de setor, Maycon, está vetado

    Corinthians encara Linense na Arena em última prova antes de decisões

    ver detalhes
  • Tite aplaudido pela torcida na Arena Corinthians

    Seleção dá show na Arena Corinthians e conquista vaga para a Copa do Mundo

    ver detalhes
  • Arana foi relacionado para duelo na Arena, mas deve iniciar no banco

    Carille leva Arana para jogo diante do Linense; confira lista de relacionados

    ver detalhes
  • Pepinho e Coelho, técnico e auxiliar do Sub-20, respectivamente

    Coelho perde posto, e diretoria do Corinthians fecha com novo treinador para Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes