Timão não está recebendo por Lodeiro, diz imprensa argentina

Timão não está recebendo por Lodeiro, diz imprensa argentina

Por Meu Timão

Boca Juniors não está pagando o Timão pela compra de Lodeiro

Boca Juniors não está pagando o Timão pela compra de Lodeiro

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

O Corinthians parece estar com problemas para receber o dinheiro da venda do meia Nicólas Lodeiro. O jogador foi vendido ao Boca Juniors, da Argentina, no início de fevereiro desse ano, por U$$ 3 milhões (R$ 8 milhões).

Um terço do valor, U$$ 1 milhão (R$ 2,8 milhões), foi pago à vista no acerto do contrato. O restante seria liquidado em parcelas durante os próximos anos. Entretanto, esse dinheiro estaria parado na Argentina e não está chegando nos cofres alvinegros.

A informação é do jornalista argentino, Claudio Civiello, da Rádio Cadena Eco, de Buenos Aires. Segundo ele, o Banco Central da Argentina não está liberando dinheiro para que o clube possa acertar as dívidas com o Corinthians.

A situação também está complicando o Boca Juniors com outros clubes, como o Catania, da Itália, pela compra do lateral-esquerdo Fabián Monzón.

Ainda segundo o jornalista, o Boca Juniors garante que está trabalhando para conseguir a liberação dos valores.

Confira o que disse o jornalista

Veja Mais:

  • Corinthians e Ponte empataram em 1 a 1 em duelo válido pela fase de grupos do Paulistão

    'Desacreditados', Corinthians e Ponte Preta abrem neste domingo final do Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Universidade Brasil firmou acordo com Corinthians para primeiro jogo da final estadual

    Corinthians anuncia patrocínio pontual para final do Paulistão; veja como fica a camiseta

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não volta ao Corinthians em 2017

    Corinthians empresta Alan Mineiro para quarto clube diferente em menos de um ano

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes