Tite sinaliza reservas contra o XV e alerta sobre necessidade de descanso

Tite sinaliza reservas contra o XV e alerta sobre necessidade de descanso

2.9 mil visualizações 82 comentários Comunicar erro

Tite garante que dará descanso aos atletas do Corinthians

Tite garante que dará descanso aos atletas do Corinthians

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O empate contra o Santos pode não ter sido o resultado esperado pelo torcedor corinthiano. Entretanto, o ponto ganho desse domingo garantiu ao time do Corinthians a melhor campanha do Campeonato Paulista.

Por isso, o esperado é que na partida dessa quarta-feira, a última da primeira fase, contra o XV de Piracicaba, o treinador faça a opção por um time todo reserva. Segundo Tite, isso é uma necessidade no atual momento da equipe do Timão.

"Há necessidade de eles descansarem, precisam humanamente de descanso, os que mais jogaram. Na quarta-feira queremos jogar bem, mas aqueles que vem atuando há mais tempo é necessária uma paradinha, senão estoura", declarou o comandante, em coletiva de imprensa após o empate.

Após um primeiro tempo de alta qualidade e intensidade, o treinador fez alterações e precisou mudar a equipe que viveu uma segunda etapa de mais equilíbrio.

Antes de fazer as alterações, o treinador consultou o preparador físico Fábio Mahseredjian para saber quem deveria ser sacado do time.

"Chamei o Fábio para ver quem estava mais desgastado. Nós temos uma situação atípica, pois viemos de uma sequência com jogos de decisão da Libertadores, quatro em uma semana. Repito, não é desculpa, pois teve a qualidade do Santos, mas passou por uma semana limpa, preparando, e aí te desgasta. Por isso coloquei no segundo tempo, vamos ser inteligentes, não dá para ficar o tempo todo em cima, descansa com a posse de bola", explicou o treinador.

Sobre a demora para realizar alterações, já que fez as duas depois dos 30 minutos do segundo tempo, o treinador disse que apostou no entrosamento da equipe e não conseguia identificar quem eram os jogadores mais cansados.

"Poderia ter mudado antes, mas há duas óticas. Havia um equilíbrio, e entrar em um jogo frio, sem ter normalidade de função poderia prejudicar. Apostei na coordenação da equipe, no entrosamento dela. A outra é que estava
com dificuldade de ver quem estava mais cansado, por isso chamei o Fábio (Mahseredjian)", concluiu.

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel ainda não definiu qual será o seu destino em 2019

    De volta ao Corinthians, Marquinhos Gabriel desperta interesse de mais três clubes

    ver detalhes
  • Jonathas não é mais jogador do Corinthians

    Corinthians devolve Jonathas ao Hannover e antecipa fim do empréstimo

    ver detalhes
  • Corinthians agora pode perder Romero de graça após o meio do ano

    Livre para firmar pré-contrato, Romero segue com futuro indefinido no Corinthians; relembre situação

    ver detalhes
  • Manoel chegou em São Paulo na tarde desta terça-feira

    Manoel desembarca para assinar e mostra ansiedade em vestir a camisa do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes