Tite, sabendo lidar com situações atípicas, diz: 'O futebol é assim'

Tite, sabendo lidar com situações atípicas, diz: 'O futebol é assim'

Por Meu Timão

Tite não lamentou resultado

Tite não lamentou resultado

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians entrou em campo neste domingo com um objetivo: somar pontos. Apesar da cobrança por jogar bem e manter a qualidade já apresentada na campanha, os comandados pelo técnico Tite garantiram mais um ponto, somando 36, com um empate por 1 a 1 contra o Santos.

Prestes a entrar em fase decisiva, tanto pelo Campeonato Paulista quanto pela Libertadores, Tite, em relação à zaga alvinegra, analisou todos os fatores que podem culminar em um gol do adversário.

"Administrar isso é pensar no momento da recuperação dos atletas. Quando a zaga toma um gol de bola aérea, teve uma série de outros fatores antes, teve a qualidade do cruzamento, da finalização, da armação da jogada. Não vi deficiência nesse aspecto", afirmou.

No primeiro tempo, o Corinthians apresentou muitas chances de gol, porém o goleiro do time da Vila Belmiro mostrou trabalho, e Tite também reconheceu sua importância.

"O Corinthians fez um grande primeiro tempo, e o Vladimir foi o grande nome do Santos. Teve duas vezes que eu estava vibrando. Pareceu o Rodolfo Rodrigues. Mas o futebol é assim, tem que saber administrar essas situações. Eu cobro muito acertar no gol, mas aí foi mais o goleiro do que precisão", considerou.

Já preocupado com os próximos confrontos, o treinador reafirmou e necessidade de manter o padrão.

"A preocupação nossa é repetir um padrão na quarta-feira, porque eu acredito num grupo forte. Nós temos a melhor campanha rodando todo o elenco, tendo Libertadores no meio. Isso é considerável, o técnico tem que registrar isso com os atletas", disse.

Sobre a definição do adversário da próxima fase do Campeonato Paulista, Tite já esboçou cautela.

"A Ponte é muito bem dirigida, já trabalhei com o Guto (Ferreira), sei das suas virtudes. E a partir do momento que foi definido, nós estamos acompanhado mais de perto", finalizou.

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes