Corinthians cobrará despesas da diretoria do Santos

Corinthians cobrará despesas da diretoria do Santos

Por Meu Timão

Cadeiras das Arena Corinthians já foram alvo de vandalismo em outros clássicos

Cadeiras das Arena Corinthians já foram alvo de vandalismo em outros clássicos

Foto: Ernesto Rodrigues/Folhapress/ESPORTE

A Arena Corinthians já havia sido alvo de depredações em outras partidas importantes, como contra o São Paulo e o Palmeiras. Neste domingo, após empate em 1 a 1 no clássico contra o Santos, não foi diferente. Foram danificadas 203 cadeiras e parte do banheiro.

Foi relatado na súmula da partida que o setor visitante da Arena sofreu depredações, com dezenas de cadeiras destruídas por alguns torcedores santistas. Em nota oficial no site do clube, o presidente do Santos, Modesto Roma Junior, desculpou-se pelos atos de vandalismo da própria torcida.

Entretanto, ao contrário do acordo selado com o rival Palmeiras, em que um clube não arcou com o prejuízo do outro, o valor a ser desembolsado para os consertos será repassado à diretoria do Santos, segundo informações do LANCE!.

Em 2014, no Campeonato Brasileiro, no caso do Palmeiras, foram quebradas 258 cadeiras e um secador de mão do banheiro. O prejuízo foi cotado em R$ 45 mil, mas para manter um bom relacionamento, as equipes concordaram que o próprio Corinthians bancaria a conta e em situações contrárias, vice-versa.

Veja Mais:

  • Marcio Zanardi, ex-treinador do Sub-17 do Corinthians, ao lado do pai, Wilson

    Portal denuncia esquema de suborno de R$ 50 mil por escalação na base do Corinthians

    ver detalhes
  • Pequeno Mateus viveu noite mágica na última quarta-feira

    Ingresso, camiseta e sonho realizado na Arena Corinthians: a história que está bombando na web

    ver detalhes
  • Timão venceu o Patriotas nesta quarta-feira na Arena

    Adversário do Corinthians nas oitavas da Sul-Americana é definido

    ver detalhes
  • Emerson Santos, do Botafogo, está no radar do Corinthians

    Corinthians se aproxima de zagueiro do Botafogo e tenta contratação imediata

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes