Ex-volante do Timão revela luta contra o câncer

Ex-volante do Timão revela luta contra o câncer

Por Meu Timão

Magrão jogou no Corinthians em 2006

Magrão jogou no Corinthians em 2006

Foto: Reprodução

O ex-volante do Corinthians, Márcio Rodrigues, popularmente conhecido por Magrão, revelou que está passando por um momento delicado na sua vida pessoal. O jogador luta contra um câncer nos testículos desde 2011, quando ainda atuava nos Emirados Árabes.

“Descobri, por exames antidoping, um tumor maligno e tive que retirar o testículo. Assim, você precisa tomar medicamentos por mais de cinco anos para controlar o câncer. Somente minha família e os amigos mais próximos sabiam disso. Infelizmente, tenho que externar o ocorrido para conseguir me defender. Tudo está documentado”, disse o jogador, nessa quinta-feira, na Arena do Grêmio.

O jogador precisou revelar a informação, pois foi pego nos exames antidoping, por causa do uso de remédios para o tratamento do câncer. Atualmente, Magrão defende o Novo Hamburgo, do Rio Grande do Sul, e, por ter direito à contraprova, está liberado para a partida dessa quinta, pelas quartas de final do Campeonato Gaúcho.

Com 36 anos, o volante também recordou sobre sua experiente carreira. “Tenho quase 20 anos de carreira. Nesse período, acho que ficou provado meu caráter como pessoa. Vim dizer isso principalmente pelo torcedor que gosta de mim, para agradecer minha família e até pedir desculpas. Não queria que tivesse que externar isso. Porém, posso garantir que não é nada ilícito”, finalizou.

O volante teve uma curta passagem pelo Timão, chegou em agosto de 2006 e deixou o clube em maio de 2007, menos de um ano depois. Ele já venceu o prêmio Bola de Prata da Revista Placar, no ano de 2004, quando atuava pelo rival Palmeiras.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes