Pato 'ignora' atraso de salário e não descarta retorno ao Timão

Pato 'ignora' atraso de salário e não descarta retorno ao Timão

Por Meu Timão

Alexandre Pato não recebe do Corinthians há sete meses

Alexandre Pato não recebe do Corinthians há sete meses

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Nessa sexta-feira de manhã, o atacante Alexandre Pato concedeu coletiva no CT de treinamento do São Paulo. Apesar de jogar no rival, que vive momentos decisivos em duas competições, o jogador foi muito questionado sobre o Corinthians e seu contrato com o alvinegro.

Com contrato com o São Paulo válido até o final desse ano, o jogador não descarta a possibilidade de retornar a jogar no Corinthians.

"Sou profissional, sim, e jogo pelo clube que tenho contrato. Sempre jogo tudo pelo clube que defendo e tento sempre provar meu valor", disse o atacante.

Nessa semana, o presidente Roberto de Andrade deu uma declaração muito parecida sobre a situação do atacante. Pato, no entanto, quer manter o foco no atual clube que veste a camisa.

"Mas estou feliz no São Paulo e focado aqui. Quero ganhar títulos importantes aqui. Minha cabeça está voltada só para cá. Quando chegar o final do ano, aí que serão resolvidas as coisas. Se vou voltar, se vou ficar, qual o salário, só no final do ano para saber o que vai acontecer", explicou.

Ainda sobre o seu envolvimento com o Corinthians, o atacante está com os salários atrasados há sete meses. Ele recebe metade (R$ 400 mil) do São Paulo e a outra metade, no mesmo valor, do Corinthians. Sem receber, a dívida já acumula um total de R$ 2,8 milhões.

Para Alexandre Pato, esse não é o foco no atual momento. Na semifinal do Paulistão e precisando buscar a classificação na Libertadores, o atacante só quer saber de futebol.

"Essa parte de salário e contrato eu não chego a pensar muito, o que eu recebo, o que eu não recebo. Meu pensamento principal é o futebol, porque preciso estar tranquilo dentro de campo. Essa parte extracampo quem resolve é meu empresário. Meu foco é campo e treinamento", afirmou.

"Não comentei com ninguém (sobre atraso de salário), nem com meu contador... Não perguntei nada para o meu empresário sobre isso, porque não me interessa no momento. Estou pensando apenas no jogo de domingo (contra o Santos), porque quero ir para a final e ser campeão. As outras coisas a gente resolve até o final do ano", finalizou.

Veja Mais:

  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Filipe recebeu a maior nota da Fiel após partida contra o Juventus

    Disputa de craque da partida fica dividida entre goleiro e meia-atacante do Corinthians

    ver detalhes
  • Brendon teria nascido em 1994 e não em 1997 como diz seus documentos

    Adversário do Corinthians na final da Copinha pode ser eliminado da competição

    ver detalhes
  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes