Timão divulga saldo de vandalismo na Arena Corinthians

Timão divulga saldo de vandalismo na Arena Corinthians

Por Meu Timão

Sem novidades: Mais de 800 assentos foram destruídos por parte da torcida do Palmeiras

Sem novidades: Mais de 800 assentos foram destruídos por parte da torcida do Palmeiras

Foto: Meu Timão

A Arena Corinthians, novamente, saiu no prejuízo ao receber os torcedores palmeirenses para o dérbi deste domingo. E dessa vez, o prejuízo foi grande: 877 cadeiras do setor visitante (mais de 40% do total) foram danificadas. A informação foi confirmada na tarde desta segunda-feira pela assessoria de imprensa do clube.

De acordo com Lúcio Blanco, gerente de operações da Arena, este é o maior prejuízo desde a inauguração da casa alvinegra. "É sim o maior número de cadeiras quebradas num clássico dentro do estádio. É um ato de vandalismo", afirmou, em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo.

Blanco explicou ainda que o quebra-quebra começou bem antes do final do jogo. "As imagens registradas pelas câmeras direcionadas para o setor mostram que eles não arrancaram as cadeiras somente depois dos pênaltis. Começou antes, durante a partida. Uma longarina onde 26 cadeiras são presas foram arrancadas ao longo do jogo", analisou.

Thiago Duarte Peixoto, árbitro da partida, relatou os incidentes na súmula do jogo. Segundo o documento, até um tênis foi arremessado pelos vândalos.

Além dos assentos, a torcida do Palmeiras inovou na destruição - até batente de porta de banheiro entrou para a conta. A diretoria do Timão ainda não decidiu se irá solicitar o ressarcimento do prejuízo à diretoria rival.

Vale lembrar que o vandalismo deste domingo não é novidade. Em 2014, pelo Campeonato Brasileiro, parte da torcida do Palmeiras danificou mais de 250 assentos. Na época, o então presidente Mário Gobbi fez um acordo com o clube rival e não cobrou o reembolso de R$ 45 mil, valor do prejuízo.

O Meu Timão registrou imagens do vandalismo. Veja mais aqui.

Confira o prejuízo total do setor visitante da Arena Corinthians

- 877 cadeiras;
- 10 papeleiras;
- Um assento de vaso sanitário;
- Uma porta de banheiro;
- Três batentes de portas de banheiro;
- Duas grades de proteção de circulação de público;
- Dois corrimãos de escadas;
- Uma longarina arrancada com 26 cadeiras;

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes