Milan anuncia planos de estádio com a mesma capacidade da Arena Corinthians

Milan anuncia planos de estádio com a mesma capacidade da Arena Corinthians

Por Meu Timão

5.9 mil visualizações 92 comentários Comunicar erro

Estádio do Milan custará cerca de R$1 bilhão

Estádio do Milan custará cerca de R$1 bilhão

Divulgação

Nessa terça-feira (28), o Milan (ITA) anunciou o plano de construir um novo estádio, para deixar de jogar no San Siro, onde divide os jogos com a Inter de Milão. Com a capacidade 48 mil torcedores, a nova casa do clube italiano terá exatamente a mesma capacidade da Arena Corinthians.

Com o custo estimado em 320 milhões de euros (aproximadamente R$ 1 bilhão), o orçamento será um pouco acima do que o Timão projetou para a Arena Corinthians (R$820 milhões). A projeção é de que o estádio fique pronto em 2019.

As semelhanças, no entanto, param por aí. Diferentemente da arquitetura do estádio do Timão, o projeto tem a preocupação de ser totalmente fechado e não deixar o som da torcida "vazar", prometendo ser o mais silencioso do mundo para seus vizinhos, já que o estádio será construído numa área residencial.

Outra preocupação dos arquitetos foi respeitar a altura máxima de 30 metros, regra imposta para que construção não altere a paisagem urbana de Milão.

Veja Mais:

  • Arthur, agora ex-Corinthians, em ação contra o rival São Paulo; atleta está livre

    Corinthians dispensa atacante de 17 anos que marcou nove gols em 2018

    ver detalhes
  • Matheus Matias será emprestado pelo Corinthians em 2019

    Corinthians empresta Matheus Matias com cláusula contratual inspirada em Arana

    ver detalhes
  • Luan pode ser reforço do Corinthians em 2019; clube tenta chegar a um acordo com o Atlético-MG

    Corinthians tenta acordo com Atlético-MG por Luan; mineiros pedem grana e jogador como compensação

    ver detalhes
  • Leandro Castan pode voltar ao Corinthians seis anos após sair do clube

    Próximo do Corinthians, Castan publica mensagem misteriosa após reunião com Vasco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes