Em balanço, Timão paga maiores juros para agentes de atletas do que para bancos

Em balanço, Timão paga maiores juros para agentes de atletas do que para bancos

Por Meu Timão

Roberto de Andrade terá muito trabalho para colocar as dívidas em dia no Timão

Roberto de Andrade terá muito trabalho para colocar as dívidas em dia no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

No balanço financeiro do Corinthians de 2014, uma informação sobre o relacionamento do clube com os empresários de atletas chamou atenção. O Timão paga juros maiores para os agentes do que para os bancos, por empréstimos feitos nos últimos anos.

Uma das empresas, a RC Consultoria, que tem Carlos Leite como sócio, emprestou R$ 2 milhões ao alvinegro com cobrança de 1,50% de juros ao mês. O já conhecido Luiz Fernando Menezes Garcia, ou Fernando Garcia, emprestou ao Timão R$ 3 milhões com juros de 1,39% ao mês.

As taxas cobrados são superiores às cobradas por outras instituições financeiras. Ao Itaú, por exemplo, o Corinthians paga 1,10% de juros por mês por um empréstimo de mais de R$ 11 milhões. De acordo com o balanço, somente os empréstimos junto ao BCV e ao BMG possuem taxas mais altas: 1,85% e 1,63% ao mês, respectivamente.

O balanço ainda aponta um valor de R$ 4,9 milhões emprestados pela Federação Paulista de Futebol, mas sem cobrança de juros estipulada.

No total, o Corinthians detalhou empréstimos no valor de R$ 50,9 milhões em 2014. No ano anterior, o número foi mais baixo: R$ 34,9 milhões.

No mesmo documento, é relatada a informação de que em 31 de dezembro do ano passado, com o aval do então presidente Mário Gobbi, foram dados como garantias receitas futuras e notas promissórias no valor de R$ 8,5 milhões.

Confira o trecho do balanço do Timão sobre empréstimos

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes