De volta ao time titular, Fábio Santos revela papo com Tite e Uendel

De volta ao time titular, Fábio Santos revela papo com Tite e Uendel

6.5 mil visualizações 33 comentários Comunicar erro

Fábio Santos critica companheiros de rachão com muito bom humor

Fábio Santos critica companheiros de rachão com muito bom humor

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Está confirmado. O lateral Fábio Santos retornou a equipe titular do Corinthians. Uendel, que foi seu substituto no período em que esteve no departamento médico, retorna ao banco de reservas.

A informação foi dada pelo próprio jogador durante coletiva de imprensa nessa sexta-feira. Ele contou que a alteração não foi feita sem explicações. O técnico Tite fez questão de chamar os dois laterais para conversar sobre a situação.

"Ele (Tite) é um cara que joga bem aberto com todo mundo. É importante isso. Ás vezes o jogador vem jogando bem e sai do time, sem satisfação. Eu sai do time em um momento bom e vou retormar", confirmou.

"Mas, para deixar bem claro o quanto ele foi importante nesse momento, ele jogou muitos jogos sempre de alta qualidade. O Tite preferiu jogar a real, mesmo que ele saiba que não tem nada disso entre nós. Eu e o Uendel nos damos muito bem, independente de ser da mesma posição", completou o lateral.

De bom humor, Fábio Santos também falou sobre o rachão que rolou durante o treino dessa manhã. Essa é só a segunda vez que o treinador Tite promove a brincadeira nessa temporada. O lateral brincou dizendo que não sentiu falta, pois seu time no rachão não é bom.

"Quando o time é bom, sim (risos). No meu caso, eu não sinto falta nenhum. Eu como presidente ninguém respeita mais. Então, não estou mais sentindo falta, para falar a verdade", declarou, brincando com os companheiros. AO seu lado, no rachão, o lateral contou com nomes como Renato Augusto, Mendoza, Sheik, Malcom e Matheus Vidotto.

Ainda em tom de brincadeira, Fábio Santos, conta que os mais jovens querem jogar no ataque durante o rachão e que ele não permite. "Quando eu subi para o profissional, só fui chegar no ataque com 25, 26 anos.. Hoje já tem jogador novo querendo subir no ataque", brincou.

"O clima é bom. O rachão serve para isso, descontrair o ambiente, numa semana puxada de trabalho. Amanhã já tem de novo. Pelo volume de treino, acho que cabia esse trabalho", finalizou.

Veja Mais:

  • Corinthians jogou bem, mas não conseguiu sair vitorioso neste domingo

    Corinthians sofre gol impedido, reage no segundo tempo e fica no empate com o Internacional

    ver detalhes
  • Corinthians de Jair Ventura está em oitavo lugar no Brasileirão

    Corinthians 'volta uma casa' na classificação do Brasileirão, mas diminui distância para o G6

    ver detalhes
  • Danilo Avelar foi eleito o pior corinthiano em campo pela Fiel

    Novidade de Jair Ventura é enaltecida pela Fiel; lateral rouba cena e é eleito pior em campo

    ver detalhes
  • Mateus Vital fez bom jogo diante do Internacional neste domingo

    Análise: Corinthians reage após gol impedido e consegue empate contra o Internacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes