'Dá para reverter', garante Tite após derrota no Paraguai

'Dá para reverter', garante Tite após derrota no Paraguai

Por Meu Timão

3.0 mil visualizações 67 comentários Comunicar erro

Com a ajuda de Tite, Timão precisa retomar o bom futebol para avançar na Libertadores

Com a ajuda de Tite, Timão precisa retomar o bom futebol para avançar na Libertadores

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Vitória. O Corinthians nunca precisou tanto de um resultado positivo para espantar a crise e retomar o futebol padrão desta temporada. Tite, que concedeu entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira no CT Joaquim Grava, sabe da importância da classificação às quartas de final da Taça Libertadores.

“Na quarta (13) temos um desafio. Primeiro de retomar um desempenho. Dá para fazer um 2 a 0 em casa. Há possibilidade real de reversão, não é desumano nem fora dos padrões”, analisou o comandante.

Mas o desafio não será nada fácil. Para avançar na competição, o Timão terá que realizar algo inédito em sua história na competição sul-americana: reverter uma desvantagem de dois no mata-mata. Além do tabu, outro desafio será superar o time paraguaio, que provou não ser uma equipe fragilizada na competição.

“O Guaraní foi efetivo, não deu porrada, não criou clima de animosidade nenhum. Peço que respeitem a equipe deles, foram muito leais dentro e fora de campo. Ambiente normalíssimo”, afirmou o treinador.


Confira tudo o que rolou na coletiva do técnico Tite

Pontos corridos


“O Brasileiro é um campeonato fora dos padrões normais, com um equilíbrio muito grande, nível muito grande, o Espanhol, Italiano, outros são mais restritos. Aqui tem pelo menos 12 equipes que começam brigando lá em cima.”

Comprometimento


“Todos são tratados como equipe. Vou pegar um relato do Vagner Love depois do jogo. Disse que não jogou quarta, mas estava demolido. Um atleta que não participou do jogo também estava cansado. É a adrenalina do jogo, a responsabilidade é da equipe.”

Elenco blindado


“Alguns assuntos são sagrados, de dentro do vestiário. Só vou dizer uma coisa: o Corinthians tem muita credibilidade. Resolvemos as coisas lá dentro, não publicamente. Aqui não é o foro para falar sobre isso.”

Profissionalismo


“O time não tem esse problema, fui informado agora sobre isso. Vou falar para o torcedor corintiano. Os atletas assumem quando não estão bem, mas não colocam desculpas ou outras coisas. Eles são homens e colocam as coisas na cara.”

Ordem na casa!


“Não mexo no emocional, só falo a verdade. Há algumas correções a serem feitas e não vou colocar de forma pública. Não estou me omitindo, é que os erros pontuais serão arrumados dentro do vestiário.”


Força da Arena


“O time tem média de dois gols por jogo lá? Vou passar para os jogadores. Obrigado pela informação.”

Alternativas para o ataque


“Guerrero fora do seu padrão normal, onde foi goleador, onde recebi 900 elogios? É um pouco de Professor Pardal. Ele pode ter até alguma movimentação, mas partindo de onde ele está lá na frente. Utilizar Danilo é sim uma possibilidade, por uma série de aspectos.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez volta da Europa neste domingo, com chegada ao Brasil no dia seguinte

    Presidente do Corinthians já tem data para retorno da Europa; otimismo por reforços na bagagem

    ver detalhes
  • Cássio é homem de confiança do técnico Jair Ventura

    Corinthians não cai, Cássio? Capitão se posiciona sobre declaração de Jair Ventura

    ver detalhes
  • Fiel deve comparecer em ótimo público à Arena neste sábado à noite

    Torcida abraça Corinthians, e Arena deve receber 30 mil em jogo diante do Vasco

    ver detalhes
  • Gustavo está entre os jogadores mais decisivos do país em 2018

    Emprestado pelo Corinthians, Gustavo brilha de novo e chega a 30 gols na temporada 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes