Andrés culpa ex-diretor por falta de naming rights e ataca: 'Ele é mentiroso'

Andrés culpa ex-diretor por falta de naming rights e ataca: 'Ele é mentiroso'

Por Meu Timão

Andrés Sanchez rebateu declarações de Ronaldo Ximenes

Andrés Sanchez rebateu declarações de Ronaldo Ximenes

Foto: Reprodução TV

O superintendente de futebol do Corinthians, Andrés Sanchez não gostou das declarações do ex-diretor Ronaldo Ximenes sobre a contratação do atacante Alexandre Pato e as negociações envolvendo a Arena Corinthians.

Andrés chamou o ex-diretor de mentiroso e o culpou pelo fato do Timão ainda não ter fechado os naming rights da Arena.

"Se ele fosse mais competente no futebol, a gente tinha vendido os naming rights antes. Sim, estamos atrasados, todo mundo sabe, mas poderia ter ajudado", afirmou Andrés em entrevista a ESPN.com.br.

"Ele teve um monte de erros. O maior talvez tenha sido de ficar cinco dias, depois sumir e aí ninguém sabia onde ele estava. Aconteceu um monte de vezes", completou.

Ainda muito crítico, Andrés Sanchez disse que o ex-presidente Mario Gobbi foi incompetente de ter escolhido Ximenes para o departamento de futebol.

"Vocês não sabem os contratos que ele assinou. Eu só fui saber quando ele saiu. Não sabia antes. O Mario Gobbi foi um incompetente de ter colocado ele no futebol. Ele tinha que ter começado na base. Ele quis sentar na janelinha. Fez por merecer. Se eu falar dos jogadores que ele trouxe, não vai ter inocência nenhuma. O Pato foi um erro, mas não teve sacanagem nenhuma. Se ele estivesse preocupado com o clube, ele estaria ajudando internamente e não dando entrevista de coisa que ele mal sabe. Ele foi embora na metade da reunião do Conselho. Aprovou as contas e foi embora. É isso que ele faz?", declarou.

Uma das figuras mais importantes da história do Corinthians, Andrés disse que Ximenes deveria ter o ouvido mais e que, se tivesse feito, teria realizado um trabalho melhor.

"(A entrevista de Ximenes) É uma decepção para todos nós, corintianos. Se tivesse feito 20% do que eu falei, teria deixado o futebol melhor do que ele deixou. Para ter a influência que eu tenho, tem que ajudar em muita coisa. Quando ele fizer o que eu fiz, ele também vai ter influência", concluiu.

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes