Orgulhoso com vitória, Love se preocupa com próxima 'batalha difícil'

Orgulhoso com vitória, Love se preocupa com próxima 'batalha difícil'

Por Meu Timão

Após boa atuação, Love já pensa na próxima partida

Após boa atuação, Love já pensa na próxima partida

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em jogo retrancado, o Corinthians conseguiu a vitória pelo placar mínimo em sua estreia no Campeonato Brasileiro.

O atacante Vagner Love, que ainda não se encontrou na equipe titular do técnico Tite, mostrou um bom futebol em campo, conduzindo o ataque ao lado do jovem Malcom em uma de suas melhores atuações vestindo a camisa alvinegra.

"Faço o que eu posso, mas graças a Deus o Corinthians saiu vitorioso hoje. Ainda mais enfrentando o último campeão que é o Cruzeiro. Agora é se preparar para o jogo de quarta-feira, que a gente sabe que é uma batalha difícil", disse o atacante ao final da partida, ainda na saída do gramado.

Durante a partida, o jogador foi elogiado pelo ex-corinthiano Dentinho, que também chegou a vestir a camisa 31.

Ao lembrar da "batalha difícil", Love se referiu ao embate da próxima quarta-feira, contra o Guaraní-PAR, na Arena Corinthians, às 22h. Para conseguir a classificação para as quartas de final da Libertadores, o Timão precisará vencer por três gols de diferença.

Veja Mais:

  • Clayson está na mira do Corinthians, que cogita emprestar terceiro jogador ao clube de Campinas

    Corinthians estuda emprestar jogador à Ponte Preta por contratação de Clayson

    ver detalhes
  • Timão foi eliminado pelo Náutico, que agora é excluído por escalação irregular

    Por escalação irregular contra Corinthians, Náutico é excluído da Copa do Brasil Sub-20

    ver detalhes
  • Timão empatou com rival São Paulo e carimbou passaporte à finalíssima

    Classificação do Corinthians à final do Paulistão rende recorde de audiência à Globo

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar Arena para empurrar Corinthians rumo ao título paulista

    Corinthians inicia venda de ingressos para final e dá orientação a inadimplentes

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes