Cássio descarta culpados e já pensa no Brasileirão

Cássio descarta culpados e já pensa no Brasileirão

Por Meu Timão

O goleiro Cássio preferiu não encontrar culpados para a eliminação do Corinthians

O goleiro Cássio preferiu não encontrar culpados para a eliminação do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O Corinthians está eliminado da Copa Libertadores da América. A equipe não conseguiu reverter o resultado do jogo do Paraguai, na semana passada, e não avançou para as quartas de final da competição.

Na saída do gramado, o goleiro Cássio lamentou o resultado, mas diz já estar pensando na sequência da temporada. "Não queremos errar. Agora é trabalhar forte, visando a Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro", disse.

Sobre a expulsão de Fábio Santos, que diminuiu ainda mais as chances do Timão, o goleiro disse que não viu a jogada e que não é hora de escolher culpados.

"Eu não vi, estava encoberto no lance do Fábio Santos. Não sei se foi justo ou não, acontece. Quando ganha títulos, todo mundo ganha. Quando perde, todo mundo é culpado", declarou.

Cássio também disse que não considera o resultado (3x0, no agregado) algo que envergonhe a história do Corinthians.

"Não foi vexame. Perdemos para uma equipe que se portou bem e soube jogar. Nós fomos mal no primeiro jogo, eles souberam jogar aqui no nosso estádio e fomos eliminados", conclui o goleiro.

Veja Mais:

  • Mais um herói na arquibancada de cima

    [Walter Falceta] Mais um herói na arquibancada de cima

    ver detalhes
  • Setor Norte da Arena Corinthians segue interditado para o início do Brasileirão

    Setor Norte da Arena segue interditado para Brasileiro; Corinthians pode ter dois clássicos 'vazios'

    ver detalhes
  • Pedrinho surge como opção para Jadson, que foi preservado do treino nesta quarta-feira

    Pedrinho é testado por Carille no primeiro treino com titulares antes de decisão

    ver detalhes
  • Guilherme foi empréstimo ao Atlético-PR

    Atlético-PR anuncia contratação do corinthiano Guilherme até 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes