'Derrotamos os soberbos', comemora diretor do Guaraní após classificação

'Derrotamos os soberbos', comemora diretor do Guaraní após classificação

Por Meu Timão

Em entrevista à rádio paraguaia, a direção do Guaraní criticou a postura do time brasileiro antes do confronto

Em entrevista à rádio paraguaia, a direção do Guaraní criticou a postura do time brasileiro antes do confronto

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Há quem diga que o Timão subestimou o futebol do Guaraní (PAR) e, por isso, acabou eliminado da Libertadores. Pelo menos, este foi o discurso do diretor da equipe paraguaia, Luis Cacavelos, após a vitória na Arena Corinthians que garantiu a classificação às quartas de final.

"Ganhou a humildade. Derrotamos os soberbos", disparou o dirigente, em entrevista à Rádio Monumental 1080AM, do Paraguai.

Além do diretor, até o presidente do Guaraní falou sobre a postura da direção do time brasileiro antes do confronto. "Eles se achavam os mais poderosos da Terra, não podiam acreditar o que estava se passando quando fizemos 1 a 0. Mas temos de destacar e agradecer a atenção que nos deram no Brasil", declarou Juan Alberto Acosta, após saber da polêmica declaração do diretor de futebol do Timão, Sergio Janikian.

Antes do jogo de ida, no Defensores del Chaco, o dirigente alvinegro chegou a declarar que o Corinthians havia sido "presenteado por Deus" ao pegar o Guaraní no mata-mata, e não um rival do Brasil ou da Argentina - teoricamente mais difíceis, na visão de Janikian.

Às vésperas do jogo de volta, o atacante Vagner Love disse que estava surpreso com a "qualidade acima da média" do time de Assunção. "Foi o que todo mundo pensou: 'Guarani do Paraguai não deve ser um grande time'. Se você não competir, acaba sendo surpreendido", afirmou o jogador, antes da eliminação no torneio continental.

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes