Com aumento de 50%, zagueiro renova com o Corinthians até 2019

Com aumento de 50%, zagueiro renova com o Corinthians até 2019

Por Meu Timão

Felipe vai receber aproximadamente R$ 100 mil reais por mês

Felipe vai receber aproximadamente R$ 100 mil reais por mês

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Em meio as polêmicas de renovações com Sheik e Guerrero, o Corinthians acertou um novo contrato com o zagueiro Felipe. O jogador prorrogou seu vínculo com o clube até dezembro de 2019 e ainda garantiu um aumento de 50% de salário.

Titular absoluto desde o início da temporada, o zagueiro vai receber cerca de R$ 100 mil reais mensais. “O Felipe cresceu bastante nesta temporada e mereceu uma promoção”, explicou o diretor de futebol, Sergio Janikian, ao colunista Jorge Nicola.

O antigo contrato de Felipe era válido até agosto de 2016. O Corinthians é dono de 50% dos direitos econômicos do zagueiro - a outra metade pertence ao Coimbra Esporte, time do Banco BMG.

Felipe chegou ao Corinthians em 2012, mas não conseguiu se firmar no início. O zagueiro fez parte até do elenco campeão do Mundial, mas no banco de reservas. Nesse ano, porém, mesmo com a chegada de Edu Dracena, Felipe ganhou a confiança de Tite e foi titular em 19 partidas. O zagueiro também marcou três gols nessa temporada.

Veja Mais:

  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi expulso após dar solada no atleta adversário

    Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians na Argentina

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

    Rodriguinho pede desculpas ao elenco por expulsão, mas opta pelo silêncio na zona mista

    ver detalhes
  • Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

    Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes