Em quarta sem Timão, audiência da Globo cai pela metade

Em quarta sem Timão, audiência da Globo cai pela metade

Fiel garantiu seis das dez maiores audiências da TV Globo em 2015

Fiel garantiu seis das dez maiores audiências da TV Globo em 2015

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

A TV Globo está sofrendo com a eliminação do Corinthians na Copa Libertadores da América. Sem a competição sul-americana às quartas, a emissora carioca exibiu a partida entre Sport e Santos, pela Copa do Brasil.

O resultado foi muito abaixo do esperado. O jogo só atingiu 15,6 pontos na Grande São Paulo. A marca é praticamente a metade alcançada pelo Corinthians, uma semana antes, na partida contra o Guarani (30,9).

A partida do time da baixada, inclusive, teve a audiência tão baixa que perdeu para "O Rei do Gado", "Malhação", o "SP TV 2ª Edição", além do "Jornal Nacional" e das novelas do horário nobre.

O Corinthians, aliás, é dono de seis das dez maiores audiências da TV Globo nas quartas-feiras de 2015. O jogo contra o São Paulo, no início da Libertadores, chegou a marcar 32,2 pontos. O do Guaraní, na última quarta, foi a terceira maior audiência do ano - o outro jogo contra o São Paulo, também na Libertadores, marcou 31,4.

O Timão voltará a ter uma partida exibida pela TV Globo, neste domingo, contra o Fluminense. O jogo será realizado no Maracanã, às 16h, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes
  • Luidy foi nomeado o melhor jogador do estado de Alagoas em 2016

    Reforço do Corinthians é eleito melhor jogador do ano em AL

    ver detalhes
  • Guilherme foi o destaque da atividade coletiva pelo segundo dia consecutivo

    Dupla volta, e Oswaldo vê time titular brilhar em treino do Corinthians; veja a escalação

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes