Emerson Sheik já estaria definindo futuro pós-Timão

Emerson Sheik já estaria definindo futuro pós-Timão

Por Meu Timão

Emerson Sheik pode ir para o Atlético-PR e seguir na Série A do Brasileirão

Emerson Sheik pode ir para o Atlético-PR e seguir na Série A do Brasileirão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O atacante Emerson Sheik está próximo de definir o seu futuro no futebol. Depois de ser informado que o Corinthians não vai renovar o seu contrato, o jogador começou uma conversa com o Atlético-PR.

Com 36 anos, o atacante tem contrato com o Corinthians até 31 de julho, mas pode ser liberado antes, caso acerte com outro clube. A diretoria do time paranaense discute internamente o valor do salário do jogador. A primeira pedida não agradou. Hoje, no Timão, ele receba R$ 517 mil reais por mês. A informação é do LANCENET!.

Mesmo com a definição de que não permanecerá no clube, o atacante continua treinando normalmente com o elenco alvinegro. Na manhã desta quarta, por exemplo, foi ao gramado realizar atividade física com o restante do grupo.

Nesta temporada, Emerson Sheik já atuou em três partidas do Campeonato Brasileiro. Como se chegar a sete jogos, não pode assinar com outro clube da Série A, a diretoria do Corinthians concordou em não deixá-lo ultrapassar esse limite.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes