Emerson Sheik já estaria definindo futuro pós-Timão

Emerson Sheik já estaria definindo futuro pós-Timão

Por Meu Timão

Emerson Sheik pode ir para o Atlético-PR e seguir na Série A do Brasileirão

Emerson Sheik pode ir para o Atlético-PR e seguir na Série A do Brasileirão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O atacante Emerson Sheik está próximo de definir o seu futuro no futebol. Depois de ser informado que o Corinthians não vai renovar o seu contrato, o jogador começou uma conversa com o Atlético-PR.

Com 36 anos, o atacante tem contrato com o Corinthians até 31 de julho, mas pode ser liberado antes, caso acerte com outro clube. A diretoria do time paranaense discute internamente o valor do salário do jogador. A primeira pedida não agradou. Hoje, no Timão, ele receba R$ 517 mil reais por mês. A informação é do LANCENET!.

Mesmo com a definição de que não permanecerá no clube, o atacante continua treinando normalmente com o elenco alvinegro. Na manhã desta quarta, por exemplo, foi ao gramado realizar atividade física com o restante do grupo.

Nesta temporada, Emerson Sheik já atuou em três partidas do Campeonato Brasileiro. Como se chegar a sete jogos, não pode assinar com outro clube da Série A, a diretoria do Corinthians concordou em não deixá-lo ultrapassar esse limite.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes