Renato Augusto lamenta saída de atacantes: 'Perdemos nossa espinha dorsal'

Renato Augusto lamenta saída de atacantes: 'Perdemos nossa espinha dorsal'

Renato Augusto lamentou ausência de Guerrero e Sheik

Renato Augusto lamentou ausência de Guerrero e Sheik

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Após a derrota para o Palmeiras, neste domingo, os jogadores do Corinthians não quiseram falar muito na saída do gramado. Apenas Renato Augusto e Danilo se manifestaram sobre a partida.

Para Renato Augusto, o Corinthians sentiu a falta dos jogadores que deixaram o clube: Paolo Guerrero, que acertou sua rescisão na quarta e já assinou com o Flamengo; e Emerson Sheik que já sabe que não renovará e não ficou nem no banco de reservas neste domingo.

"A perda de alguns jogadores vai ser a coisa mais difícil para nós. Perdemos jogadores muito importante para o time. Eles eram a espinha dorsal da equipe. Agora precisamos trabalhar para retornar com o futebol de antes", lamentou o jogador.

O meia ainda avalia que a atuação do Timão não tenha sido totalmente ruim. Segundo ele, o time começou o jogo bem e melhorou no segundo tempo, mas que não foi o suficiente para reverter o placar negativo.

"Acho que até começamos bem e aí tomamos o gol e caímos bastante. Depois o Palmeiras fez o segundo. Voltamos para o segundo tempo melhor, criamos oportunidades, mas infelizmente perdemos", completou.

O meia Danilo, que entrou na segunda etapa no lugar de Petros, também falou sobre a necessidade da equipe reencontrar o padrão de jogo, apresentado no início da temporada. "Temos que voltar a jogar bem. No futebol quem joga melhor ganha, e a gente precisa voltar a jogar bem", declarou Danilo.

Veja Mais:

  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Filipe recebeu a maior nota da Fiel após partida contra o Juventus

    Disputa de craque da partida fica dividida entre goleiro e meia-atacante do Corinthians

    ver detalhes
  • Brendon teria nascido em 1994 e não em 1997 como diz seus documentos

    Adversário do Corinthians na final da Copinha pode ser eliminado da competição

    ver detalhes
  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes