'Aplaudiram a minha atuação', afirma Elias após vaias no Allianz Parque

'Aplaudiram a minha atuação', afirma Elias após vaias no Allianz Parque

Por Meu Timão

Destaque da partida, o volante do Corinthians foi vaiado por parte da torcida presente no Allianz Parque

Destaque da partida, o volante do Corinthians foi vaiado por parte da torcida presente no Allianz Parque

Foto: Divulgação / CBF

Apesar da bela atuação na vitória por 2 a 0 da Seleção Brasileira contra o México, Elias foi alvo de alguns torcedores presentes no Allianz Parque. O motivo? Ser corinthiano. Mas nada que atinja o volante, que foi fundamental para a construção do placar no amistoso deste domingo, penúltimo do Brasil antes da estreia na Copa América.

"Esperava mais, foi só na hora da saída", brincou Elias. "É uma rivalidade sadia, isso vale no futebol. A gente só não quer que torcedor parta para a violência, bata em outro. As vaias são comuns, agi naturalmente", contou o meio-campista, em entrevista à ESPN Brasil.

Além das vaias, foi possível ouvir xingamentos de parte do público presente no estádio palmeirense. “Elias v...!, Elias v...!”, gritaram os torcedores, sobretudo arquirrivais do Timão.

"Eles me vaiaram porque eu jogo no Corinthians, porque eu sou corinthiano declarado. Eles aplaudiram a minha atuação, tenho certeza. Eles sabem que eu dei o meu máximo dentro de campo e procurei fazer o melhor pela Seleção Brasileira", ponderou o volante, que iniciou a jogada do primeiro gol e deu assistência para o segundo.

"A torcida não vaiou o meu rendimento. Volto a dizer: as vaias só aconteceram porque eu sou corinthiano. Mas isso faz parte, é uma rivalidade sadia, uma rivalidade que eu respeito e levo numa boa", finalizou o camisa 7.

O Brasil volta a campo nesta quarta-feira. O adversário da vez será a seleção de Honduras, na capital Porto Alegre. Com a boa atuação deste domingo, Elias deve permanecer entre os titulares do técnico Dunga.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes