Diretor cutuca Guerrero e explica homenagem a Sheik

Diretor cutuca Guerrero e explica homenagem a Sheik

Por Meu Timão

10 mil visualizações 89 comentários Comunicar erro

Diretor explica diferença entre saídas de Guerrero e Sheik

Diretor explica diferença entre saídas de Guerrero e Sheik

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians anunciou que o atacante Emerson Sheik será homenageado no sábado, antes da partida contra o Internacional, na Arena em Itaquera. Ainda não foram divulgados detalhes, mas o departamento de marketing trabalha para realizar uma bonita festa.

Há alguns dias, Paolo Guerrero também deixou o clube. Ao contrário de Emerson Sheik, o peruano não recebeu nenhuma festa e foi embora para o Flamengo depois de pedir uma rescisão antecipada.

O diretor de marketing do Timão, Marcelo Passos, explicou o que levou ao clube a tratar as duas saídas de maneiras diferentes.

"São dois casos diferentes. O Corinthians fez o que pode para tentar manter o Guerrero. Ofereceu uma renovação de contrato fazendo o máximo de esforço, mas ele quis sair. Apareceu algo que ele considerou melhor e foi embora. Com o Sheik não teve essa negociação. Ele não abandonou o Corinthians. Por isso, a homenagem de despedida é mais do que válida", contou, em entrevista ao portal ESPN.com.br.

Paolo Guerrero tem uma história com o clube, foi peça fundamental em um dos principais títulos da história alvinegra, o Mundial de Clubes de 2012. Por isso, Marcelo Passos acredita que o Corinthians ainda fará algo ao peruano no futuro.

"Mas, mesmo assim, a gente tem total intenção de fazer uma despedida legal ao Guerrero quando ele terminar a carreira. Teremos tempo pra pensar até lá como isso será, mas quer fazer também. Os dois foram muito importantes para o clube e deixaram as suas marcas na história do Corinthians", finalizou.

Veja Mais:

  • Com Fagner, Seleção pega EUA e El Salvador nos dias 7 e 11 de setembro

    Corinthians solicita liberação de Fagner de amistoso da Seleção, mas ouve 'não' de Tite

    ver detalhes
  • Inaugurada em 2014, Arena ainda não teve seus direitos de nome negociados pelo Timão

    Naming rights da Arena: Corinthians quer receita alinhada à amortização do estádio

    ver detalhes
  • Loss reúne grupo de jogadores para conversa antes de treinamento tático

    Loss volta a apostar em esquema sem centroavante e define Corinthians que pega Fluminense

    ver detalhes
  • Recuperado de pancada, Douglas embarca com o Timão para a capital carioca

    Com três retornos, Corinthians relaciona 22 jogadores para duelo com Fluminense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes