'Guerrero saiu e não se despediu de ninguém' afirma Roberto de Andrade

10 mil visualizações 96 comentários

Por Meu Timão

Guerrero deixou o clube sem se despedir dos companheiros de time

Guerrero deixou o clube sem se despedir dos companheiros de time

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Muito importante na história do Corinthians, o atacante Paolo Guerrero deixou o clube sem se despedir de ninguém. Isso é o que afirma o presidente Roberto de Andrade, que, apesar disso, elogiou o peruano como um dos "atletas mais corretos" que já passaram pelo clube.

"Ele foi embora e não se despediu de ninguém. Ele esteve na quarta-feira, nós íamos jogar com o Palmeiras na época, e ele falou que não queria jogar, que não estava se sentindo bem, porque era muita cobrança, muita pressão", relembrou o presidente, em entrevista à Fox Sports.

"No domingo, na volta do jogo do Fluminense, alguns torcedores fizeram uma manifestação no aeroporto, meia dúzia de pessoas foram cobrá-lo. Ele se sentiu constrangido, não sei e achou que não tinha clima pra jogar, por tudo que nós já tínhamos comunicado, que não iríamos renovar o contrato e achou por bem não jogar. No dia seguinte ele já não veio", completou o mandatário, reforçando que o peruano não pegou nem seus pertences pessoais no vestiário do CT Joaquim Grava.

Roberto de Andrade diz não guardar mágoas e elogiou a postura de Guerrero enquanto jogador do Corinthians. No entanto, para o presidente, o peruano deveria ter se despedido pelo menos do técnico Tite.

"Pelo menos com o treinador. Eu não sei se ele os companheiros são amigos, mas o treinador eu acho que sim. Eu também não vou falar, porque ele pode vir a fazer. Ele foi embora para o Peru, está comprometido com a Seleção na Copa América e pode ser que na volta isso aconteça. Não vamos jugar porque enquanto ele estava no Corinthians foi um dos atletas mais corretos que o Corinthians já teve", elogiou.

Dois dias depois de acertar sua saída do Timão, o atacante assinou contrato com o Flamengo. Segundo Roberto de Andrade, o clube carioca irá desembolsar R$ 41 milhões ao longo do contrato dos três anos do jogador.

"Além disso tem mais 10% de comissão do agente, então dá R$44.6 milhões, exatamente o que dava a conta no Corinthians, não muda uma vírgula. Ele foi muito honesto porque eu ficaria muito chateado se essa conta no Flamengo fosse menor do que foi oferecido ao Corinthians", finalizou.

Veja Mais:

  • Zoom Fuller retorna ao Corinthians Basquete após três meses de sua saída

    Corinthians anuncia retorno de Zoom Fuller para o time de basquete

    ver detalhes
  • Presidente do Corinthians, Duilio Monteiro, falou sobre os reforços de peso

    Duilio revela o percentual do Corinthians nos direitos de 'quarteto mágico'

    ver detalhes
  • Gabi Zanotti marcou o gol da vitória do Corinthians contra a Ferrroviária

    Corinthians vence Ferroviária e larga na frente por uma vaga na final do Paulistão Feminino

    ver detalhes
  • Fábio Santos vai ultrapassar o treinador que viu jogar e fazer história na sua atual função

    Sylvinho e Fábio Santos falam ao Meu Timão sobre relação e trajetórias no Corinthians

    ver detalhes
  • Em 2013, Sylvinho trabalhou como assistente de Tite no Corinthians

    Sylvinho fala sobre gratidão a Tite e enaltece conquistas do ex-treinador do Corinthians

    ver detalhes
  • Permanência de Sylvinho foi bancada pelo presidente Duilio Monteiro Alves; treinador chegou em maio e tem 48,81% de aproveitamento

    Duilio valoriza trabalho de Sylvinho e garante treinador no comando do Corinthians até 2022

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x