'Guerrero saiu e não se despediu de ninguém' afirma Roberto de Andrade

'Guerrero saiu e não se despediu de ninguém' afirma Roberto de Andrade

Por Meu Timão

Guerrero deixou o clube sem se despedir dos companheiros de time

Guerrero deixou o clube sem se despedir dos companheiros de time

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Muito importante na história do Corinthians, o atacante Paolo Guerrero deixou o clube sem se despedir de ninguém. Isso é o que afirma o presidente Roberto de Andrade, que, apesar disso, elogiou o peruano como um dos "atletas mais corretos" que já passaram pelo clube.

"Ele foi embora e não se despediu de ninguém. Ele esteve na quarta-feira, nós íamos jogar com o Palmeiras na época, e ele falou que não queria jogar, que não estava se sentindo bem, porque era muita cobrança, muita pressão", relembrou o presidente, em entrevista à Fox Sports.

"No domingo, na volta do jogo do Fluminense, alguns torcedores fizeram uma manifestação no aeroporto, meia dúzia de pessoas foram cobrá-lo. Ele se sentiu constrangido, não sei e achou que não tinha clima pra jogar, por tudo que nós já tínhamos comunicado, que não iríamos renovar o contrato e achou por bem não jogar. No dia seguinte ele já não veio", completou o mandatário, reforçando que o peruano não pegou nem seus pertences pessoais no vestiário do CT Joaquim Grava.

Roberto de Andrade diz não guardar mágoas e elogiou a postura de Guerrero enquanto jogador do Corinthians. No entanto, para o presidente, o peruano deveria ter se despedido pelo menos do técnico Tite.

"Pelo menos com o treinador. Eu não sei se ele os companheiros são amigos, mas o treinador eu acho que sim. Eu também não vou falar, porque ele pode vir a fazer. Ele foi embora para o Peru, está comprometido com a Seleção na Copa América e pode ser que na volta isso aconteça. Não vamos jugar porque enquanto ele estava no Corinthians foi um dos atletas mais corretos que o Corinthians já teve", elogiou.

Dois dias depois de acertar sua saída do Timão, o atacante assinou contrato com o Flamengo. Segundo Roberto de Andrade, o clube carioca irá desembolsar R$ 41 milhões ao longo do contrato dos três anos do jogador.

"Além disso tem mais 10% de comissão do agente, então dá R$44.6 milhões, exatamente o que dava a conta no Corinthians, não muda uma vírgula. Ele foi muito honesto porque eu ficaria muito chateado se essa conta no Flamengo fosse menor do que foi oferecido ao Corinthians", finalizou.

Veja Mais:

  • Desfalque diante do Vitória, Pablo está recuperado e deve viajar a Goiânia

    Treino do Corinthians tem rachão com 'morte súbita', 'desafio' a Clayson e disputa de pênaltis

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes
  • Desde agosto no Leganés, Luciano atuou em 27 jogos e marcou quatro gols, um deles sobre o Real Madrd

    Com sondagens de México e Turquia, corinthiano Luciano tem semana decisiva na Espanha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes