Emerson Sheik ganha placa em despedida discreta e diz: 'Estou triste'

Emerson Sheik ganha placa em despedida discreta e diz: 'Estou triste'

Sheik recebe placa das mãos de sócio do Fiel Torcedor

Sheik recebe placa das mãos de sócio do Fiel Torcedor

Foto: Daneil Augusto Jr/Agência Corinthians

A torcida do Corinthians se despediu do atacante Emerson Sheik na tarde deste sábado. Depois de acertar a rescisão na última quinta-feira, o jogador recebeu uma discreta homenagem do clube minutos antes do confronto com o Internacional.

O atleta foi recepcionado por todos os jogadores e membros da diretoria e comissão técnica. O presidente Roberto de Andrade e o gerente de futebol, Edu Gaspar, também participaram da ação.

Muito aplaudido pelos colegas e pela torcida, o jogador recebeu uma placa do Corinthians. No objeto, o clube agradece pelos mais de 150 jogos com a camisa alvinegra, entre eles, a final da Copa Libertadores da América de 2012. A placa foi entregue pelo sócio do Fiel Torcedor, Carlos Eduardo Catalão.

Depois de ganhar a homenagem, Sheik caminhou até um dos torcedores e tirou fotos. O jogador também falou com a imprensa e agradeceu o reconhecimento, mas lamentou a saída.

"Feliz com o reconhecimento pelos serviços prestados, mas também triste de estar indo embora. Eu curto muito isso", declarou em entrevista à rádio CBN.

Além de Sheik, os garotos do Sub-17 do Timão também foram homenageados pelo título do Mundial, conquistado no final do mês passado na Espanha. Os jogadores deram uma volta na Arena e foram muito saudados pelos torcedores presentes.

Confira a despedida de Emerson Sheik do Timão

Veja Mais:

  • Arbitragem tem sido assunto recorrente no dia-a-dia do Corinthians

    Levantamento: todos os erros contra e favor do Corinthians no Brasileirão 2017

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians fez festa no estádio do Racing

    Fotógrafo registra vídeo sensacional no meio da torcida do Corinthians no estádio do Racing

    ver detalhes
  • Esporte é praticado nas dependências do Corinthians desde a década de 50

    Saem as chuteiras, entra o pandeiro: conheça o Tamboréu, modalidade tradicional do Corinthians

    ver detalhes
  • Homero transformou bandeira invertida em taça da Libertadores nas costas de Edinho

    21 anos após erro de tatuador, corinthiano fecha costas com lembranças épicas da Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes