Após alta pedida, meia garante permanência no River Plate

Após alta pedida, meia garante permanência no River Plate

Carlos Sánchez quer ser campeão pelo River e descarta ida ao Timão

Carlos Sánchez quer ser campeão pelo River e descarta ida ao Timão

Foto: Divulgação

Entre os nomes do River Plate que o Corinthians monitora e tenta a contratação, um deles parece ter definido seu futuro. O meia Carlos Sanchéz declarou que não pretende se transferir para o futebol brasileiro.

No Chile, para a disputa da Copa América, Sanchéz falou sobre sua situação com o River Plate e garantiu que não vai deixar o time argentino e que quer ser campeão da Copa Libertadores da América.

"Eu fico no River. Não tem nada com o Corinthians. Quero ganhar a Libertadores", afirmou Sanchéz, na zona mista, em La Serena, ao jornalista Sebastiá Srur, da "Rádio Continental de Buenos Aires".

O jogador está no Chile para a disputa da Copa América defendendo as cores do seu país, o Uruguai. Seu empresário, Nelson Orrico, já havia descartado uma negociação enquanto a competição acontecesse garantindo foco total de Sanchéz na seleção uruguaia.

O Corinthians tentou convencer o meia e seu empresário a conseguir uma liberação imediata com o time argentino. Para isso, o gerente de futebol, Edu Gaspar, os convidou para conhecer a estrutura do Timão aqui no Brasil, como o CT Joaquim Grava e a Arena Corinthians.

Para liberá-lo, a pedida foi alta: US$ 3,5 milhões (cerca de R$ 10,9 milhões). O Corinthians, no entanto, negou a proposta e ofereceu US$ 1 milhão (R$ 3,1 milhões).

No caso de Sanchéz realmente cumprir o prometido, o Corinthians só poderia contar com o jogador para o início da próxima temporada. A janela de transferência internacionais fica aberta entre os dias 22 de junho e 21 de julho e as finais da Libertadores serão disputadas em 29 de julho e 5 de agosto.

Mesmo que o River caia na semifinal da competição, para o Guaraní-PAR, o segundo jogo será no mesmo dia 21 de julho, impossibilitando uma manobra do Timão para contar com Sanchéz ainda nesse Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes