Uendel lamenta saída de Petros: 'Cada um tem suas ambições e não depende só do jogador'

Uendel lamenta saída de Petros: 'Cada um tem suas ambições e não depende só do jogador'

Por Meu Timão

Uendel fala sobre saída de Petros do Corinthians

Uendel fala sobre saída de Petros do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians perdeu para o Santos, na Vila Belmiro, por 1 a 0. Sobre o jogo, o lateral Uendel, que já assumiu a posição de Fábio Santos, revelou que o técnico Tite ainda não conversou a fundo com o elenco após o clássico.

"Hoje nem falamos do jogo, mais de recuperação. Amanhã o treino é em dois períodos, aí devemos conversar mais sobre o que passou e o que vai acontecer no proximo jogo", disse Uendel em coletiva de imprensa no CT Dr. Joaquim Grava, nesta segunda-feira.

A competição nacional caminha para sua nona rodada, em que o Corinthians enfrenta o Figueirense, na Arena, e o lateral pondera sobre as últimas atuações do Timão e projeta os próximos resultados.

"O campeonato é difícil, a gente viu no domingo alguns resultados, como o São Paulo empatando com o Avaí, a Chapecoense ganhando do Cruzeiro em Minas. A gente vinha de resultados positivos e perder para o Santos na Vila não é fim do mundo. O jogo foi equilibrado, criamos chances para vencer, queríamos ganhar, até porque agora temos dois jogos em casa e seria uma chance até de chegar lá em cima na tabela", afirmou.

"Oscilações vão acontecer no campeonato, dificilmente um time vai disparar na liderança. Está equlibrado, ainda mais no nosso momento de transição, com jogadores saindo, e outros que devem chegar para ajudar. Até encaixar a equipe, vão ter resultados que desagradem ao torcedor e a nós, mas temos consciência de que nossa equipe pode brigar pelo título", completou.

Quanto às chegadas e partidas de jogadores, Uendel falou especificamente de Petros e Rildo. O meia, no caso, acertou sua saída do Timão para o Betis, da Espanha. Já o atacante Rildo, é velho conhecido do lateral.

"São nossos amigos, a gente conversa diariamente sobre o que está acontecendo com o clube. Claro que a gente não gosta de perder jogadores", ressaltou. Além disso, Uendel ainda lamentou a saída do amigo. "Pelo que a gente conversa com ele, o Petros é amigo nosso, ele gosta do clube, foi bem recebido, torcida e diretoria gostam, ficamos na torcida para que ficasse, mas cada um tem suas ambições e não depende só do jogador. Deixamos para eles resolverem", lastimou.

"O Rildo é excelente jogador, trabalhei com ele na Ponte Preta, espero que possa acertar. Tem muita qualidade, velocidade, a gente precisa de jogador com essas características. Se ele vier, vai ser muito bem-vindo", finalizou.

Veja Mais:

  • Henrique já treina no CT; jogador trabalha no campo em períodos sem a imprensa

    Entenda por que o zagueiro Henrique ainda não foi anunciado pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim soma duas más atuações em duas partidas como titular no Paulistão-2018

    Áudio de comentarista sobre Corinthians vaza no Globo Esporte: 'Peguei muito pesado com o Kazim?'

    ver detalhes
  • Jadson ganhou nova função em novo esquema tático de Fábio Carille no Corinthians

    Novo esquema tático de Carille transforma Jadson em arma letal do Corinthians; compare

    ver detalhes
  • Emerson Sheik ainda terá ao menos uma semana de treinos no CT

    Preparador do Corinthians confirma Emerson Sheik fora do clássico no final de semana

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes