Caso Amarilla repercute na imprensa sul-americana: 'Melhor reforço do Boca'

Caso Amarilla repercute na imprensa sul-americana: 'Melhor reforço do Boca'

Por Meu Timão

No fim deste domingo, o canal "TV América" revelou escutas telefônicas de uma conversa do ex-presidente da AFA, Julio Grondona, e Abel Gnecco, diretor da Escola de Árbitros da AFA, sobre uma suposta fraude na escolha do árbitro Carlos Amarilla para o duelo entre Corinthians e Boca Juniors (ARG), pelas oitavas da Libertadores de 2013.

Após a divulgação das escutas, o caso ganhou destaque em jornais da América do Sul. O "El Intransigente", da Argentina, afirmou nesta segunda-feira que o falecido ex-presidente da AFA se refere a Carlos Amarilla como "o melhor reforço do Boca". O portal ainda destacou a declaração do protagonista da investigação, como o Meu Timão noticiou no início desta tarde.

Já o "El Comercio", do Peru, definiu o caso como "um novo escândalo" de Julio Grondona. "Deu a entender a designação de Carlos Amarilla para favorecer o Boca Juniors que jogou contra o Corinthians (...). As provas que justifiquem a suspeita é o conteúdo da conversa e fatos", declara o jornal peruano.

O caso ganhou a manchete do "Clarín.com", um dos maiores sites de notícias da Argentina. "Amarilla não deu uma penalidade para o time da casa depois de uma mão na bola clara (...) e anulou um gol de Romarinho", relembra a publicação, que também traz as explicações do árbitro do confronto.

Confira a repercussão do caso na imprensa sul-americana

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Craque do futsal do Corinthians, Leandro Lino deve jogar pelo Sorocaba em 2017

    Quatro campeões do Corinthians recebem proposta do Sorocaba e devem 'virar casaca' em 2017

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes