Suspensão de Amarilla contraria opinião de Alexandre Pato

Suspensão de Amarilla contraria opinião de Alexandre Pato

Pato estava em campo na ocasião e, mesmo assim, defendeu Amarilla

Pato estava em campo na ocasião e, mesmo assim, defendeu Amarilla

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Há pouco mais de um mês, o atacante Alexandre Pato declarou sua opinião sobre Carlos Amarilla e, na ocasião, enalteceu a atuação do árbitro na partida contra o Boca Juniors, na Libertadores de 2013.

Porém, com as novidades sobre o caso divulgadas na noite deste domingo, o próprio árbitro assumiu que errou durante a partida que eliminou o Timão da competição contrariando, assim, a opinião do atacante do São Paulo.

Na época, Alexandre Pato, que teria Amarilla no comando de uma partida do São Paulo, na Libertadores deste ano, disse que Amarilla tinha ido "muito bem" e feito o seu papel na partida polêmica.

"Ele apitou um jogo muito seguro contra o Boca, foi muito seguro nas faltas, em momentos que poderiam ter polêmicas ele foi muito bem e fez o seu papel. Todos conhecem ele, então não temos que pensar nele nesse momento e sim no Cruzeiro. Conversar pouco com ele, porque ele não gosta de conversar. Se tiver que expulsar ele vai expulsar. Temos que jogar bola", declarou o jogador, em maio.

Alexandre Pato estava em campo há um pouco mais de dois anos atrás naquele Corinthians e Boca Juniors. Ele entrou no intervalo da partida e não conseguiu ajudar a equipe a reverter o placar. Em campo, ainda viu Amarilla anular um gol e não dar o pênalti claro em Emerson Sheik no final do jogo.

Após o vazamento de declarações que supostamente comprovam que Carlos Amarilla foi direcionado a prejudicar o Corinthians na partida em questão, o árbitro e seu auxiliar Rodney Aquino foram suspensos pela Associação Paraguaia de Futebol.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes