Comprometido com o Brasileirão, Love ressalta: 'É cedo para falar de Libertadores e título'

1.1 mil visualizações 26 comentários

Por Meu Timão

Love marcou o primeiro gol da vitória por 2 a 1 sobre o Figueirense

Love marcou o primeiro gol da vitória por 2 a 1 sobre o Figueirense

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O atacante Vagner Love marcou o primeiro e sofreu o pênalti que originou o segundo gol da vitória do Corinthians na noite do último sábado, por 2 a 1, sobre o Figueirense. A respeito de sua fase atual, demonstrou tranquilidade.

"Estou muito feliz de ter vencido o jogo e feito gol, vencer dentro de casa é sempre bom. Fizemos nosso dever de casa e conseguimos os três pontos. Agora temos de pensar na Ponte Preta, porque vai ser um jogo muito difícil. É um dos times que tivemos mais dificuldades nesse ano, sabemos que na quinta-feira teremos uma pedreira pela frente", afirmou Vagner Love em coletiva de imprensa.

Ligado na próxima partida, contra a Ponte Preta, que acontecerá nesta quinta-feira, às 19h30, na Arena Corinthians, Love revelou acompanhar os adversários no decorrer do torneio nacional.

"Gosto de acompanhar a pontuação, é o que eu faço, o que eu vivo, então gosto de estar sempre atento. Fico ligado. Não joguei domingo, mas times jogaram domingo. Se for meu próximo adversário, vou procurar assistir a um pouco do jogo, ver como o rival está se comportando. Estou sempre atento e ligado. Quanto mais souber do adversário, melhor", declarou.

Em direção à décima rodada do Campeonato Brasileiro, o jogador analisa a posição do Timão na tabela, afirmando que ainda é cedo para projetar título e participação em outras competições.

"O campeonato está bem no início, estamos em sétimo, mas a três pontos do líder. O pessoal da zona da Libertadores está muito perto. É cedo para falar de Libertadores e título. Temos de falar passo a passo, jogo a jogo, ainda mais nesse momento de reformulação do grupo. Sabemos que estamos no caminho certo. Mais para frente, saberemos onde estaremos", disse.

Quando questionado sobre qual seria o melhor time do Brasileirão 2015, o atacante, mesmo sem desmerecer as outras equipes, não pensou duas vezes em destacar o líder da tabela.

"O melhor time do Brasil é o Sport, que é o líder, mas o Corinthians está no caminho certo. Tem de pensar jogo a jogo, tem outras grandes equipes no campeonato. Atlético-MG, Internacional, Fluminense... São equipes que podem brigar por título. Tem muita coisa ainda, mas são candidatos. Mas hoje é o Sport, por ser o líder do campeonato", concluiu.

Veja Mais:

  • Mauro Boselli precisará renovar seu contrato para disputar Brasileirão até o fim

    Corinthians pode perder dois jogadores por questões contratuais antes do fim do Brasileirão; entenda

    ver detalhes
  • Jorge Kalil (à esquerda) foi firme ao criticar o departamento de marketing do clube

    Diretor do Corinthians diz que marketing do clube deixou a desejar nos últimos anos: 'Horroroso'

    ver detalhes
  • Vitória do Botafogo contra o Guarani pode manter sonho do Corinthians vivo no Paulistão

    Restam dois jogos: o que o Corinthians precisa para se classificar no Paulistão?

    ver detalhes
  • Carlinhos disputou apenas duas partidas pelo time principal do Corinthians

    Atacante do Corinthians com poucos minutos no profissional será emprestado ao Atibaia

    ver detalhes
  • Justiça penhora R$ 428 mil das contas do Corinthians após ação movida pelo América-MG

    Corinthians sofre penhora de quase R$ 500 mil na Justiça por dívida com América-MG

    ver detalhes
  • Cássio revelou que terá camisa preta para usar na temporada

    Cássio diz que Timão terá camisa preta de goleiro e admite desejo de usar modelo igual ao de Ronaldo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: