Corinthians tem retrospecto favorável em cima da Ponte Preta dentro e fora de casa

Corinthians tem retrospecto favorável em cima da Ponte Preta dentro e fora de casa

Por Meu Timão

O Timão enfrenta a Ponte Preta na próxima quinta-feira pelo Brasileirão 2015

O Timão enfrenta a Ponte Preta na próxima quinta-feira pelo Brasileirão 2015

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O adversário do Corinthians nessa quinta-feira é um velho conhecido. Timão e Ponte Preta se enfrentaram pela primeira vez em setembro de 1911. Na ocasião, o clube do parque São Jorge começou com o pé direito esta lista de confrontos, já que venceu por 1 a 0. Desde então foram 136 jogos entre as duas equipes.

O Corinthians leva vantagem em relação à equipe de Campinas. Foram 77 vitórias corinthianas, contra 27 do rival e 31 empates. No número de gols, o Timão também está na frente, foram 247 gols marcados contra 135 sofridos. Para melhorar ainda mais o panorama, o Corinthians tem obtido ótimos resultados como mandante, quando se trata da Ponte Preta. De 71 jogos o Timão conseguiu a vitória em 45.

Na história desse confronto está um dos jogos mais importantes da história corinthiana. Foi contra a Ponte, na final do Campeonato Paulista de 1977, que o Timão encerrou seu jejum de títulos que já durava exatos 22 anos, oito meses e uma semana, com gol de Basílio.

Confira os números entre Corinthians e Ponte Preta

Jogos disputados: 136
Vitórias: 77
Empates: 31
Derrotas: 27
Gols marcados: 247
Gols sofridos: 135

Veja Mais:

  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik beijou escudo do Corinthians ao ser apresentado

    Sheik faz juras de amor ao Corinthians e relembra jogo na Arena pela Ponte: 'Foi estranho'

    ver detalhes
  • Sheik recebeu camisa das mãos do gerente de futebol Alessandro Nunes

    Acostumado a jogar com camisa 11, Sheik revela ideia 'irada' sobre novo número

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes