Inspirado por ídolo do Timão, Walter fala em tranquilidade e elogia Cássio

Inspirado por ídolo do Timão, Walter fala em tranquilidade e elogia Cássio

Por Meu Timão

Walter estará em campo na partida contra o Atlético-MG do próximo sábado

Walter estará em campo na partida contra o Atlético-MG do próximo sábado

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians terá, ao menos, duas mudanças para o confronto com o Atlético-MG. Além de Jadson, suspenso, o técnico Tite não poderá contar com Cássio – o goleiro ficará afastado dos gramados por 15 dias para tratar de uma tendinite na coxa. Seu substituto, Walter, elogiou o camisa 12, amigo dentro e fora de campo.

“Acho que a gente trabalha junto todos os dias, procuramos fazer o mesmo trabalho, cada um tem uma qualidade um pouco diferente do outro. Ele é um goleiro alto, rápido, a saída de bola dele é forte... A gente quer fazer igual”, afirmou Walter, titular da meta corinthiana no próximo sábado.

Durante a coletiva de imprensa da tarde desta quarta-feira, Walter revelou sua grande inspiração no futebol. Curiosamente, o nome do ídolo do camisa 27 já fez história no Corinthians. “Acho que o melhor do Brasil é o Jefferson por estar na Seleção. A inspiração, da época anterior, Dida, Fábio, são goleiros que atraem bastante”, confessou.

Prestes a ganhar uma nova chance no Timão, Walter encara com naturalidade o desafio de, mesmo com poucos jogos em 2015, substituir o herói do título mundial do Japão. “O ritmo de jogo é complicado para todos os jogadores, uma saída de gol... Como a gente acaba entrando em um jogo antes, você acaba tendo essa tranquilidade, essa experiência”, assegurou.

Questionado sobre a seriedade e “cara feia” durante os treinos com bola no gramado do CT Joaquim Grava, o arqueiro contou em tom descontraído sua relação com o treinador de goleiros Mauri Lima. “Não sou não (risos). O Mauri pega no nosso pé porque a gente conversa muito, acaba rindo bastante. Depois que entra no trabalho tem que ter seriedade e fazer da melhor maneira possível”, completou.

Confira o que rolou na coletiva do goleiro Walter

Preparação

A gente se prepara todo dia porque sempre acaba precisando, uma hora ou outra, esse ano um pouco menos, mas ano passado foi mais ou menos parecido... Entrei contra o Sport, depois contra o Cruzeiro que era líder. Pretendo fazer o mesmo papel e conseguir os três pontos.

Titularidade garantida?

Não tem nenhuma conversa, vamos trabalhando de acordo com a semana. Pelo que eu sei, eu que jogo sábado. Mas é uma lesão simples e com certeza ele vai estar pronto semana que vem.

Baixo desempenho do ataque

Normalmente muita gente fala que a gente marca bem, mas faz poucos gols. A gente teve essa evolução esses dias. Na Arena, a gente sabe que é forte e vai para dentro para conseguir esses resultados.

Propostas de outros clubes?

Recebi a da Ponte Preta. Mas eu não levei isso muito a sério, claro que é uma grande equipe, eu pretendia ficar aqui, mesmo estando no banco. É uma grande equipe, é uma vitrine imensa, mesmo no banco.

Falhas

Nós temos que melhorar todo dia, 100% vai sair no gol em todas. Você olha de fora, a bola parece que está lenta, se você sair em uma errada, é gol, não tem como. Então, tem que trabalhar todo dia, para melhorar, melhorar...

Força defensiva!

É melhor nem chegar, deixa para a defesa tirar as bolas, estamos bem focados no que o Tite está pedindo ali atrás. Claro que acaba pintando uma oportunidade ou outra. Se você for ver, a média é bem abaixo do normal, de chutes para o gol contra nós.

Revanche?

Naquele jogo, a gente sentiu muito aqui dentro, teve um pouco aquela queda na partida que veio depois, até por ter saído com um gol na frente, o diferencial dessa equipe é organização, só fazer o que está fazendo e vai sair com um grande resultado.

Focado!

Eu acho que o melhor de tudo é tranquilidade para assumir uma responsabilidade. Críticas andam lado a lado com os elogios, então tem que saber assimilar bem e trabalhar forte, que é o essencial.

Veja Mais:

  • Romero será um dos titulares na última partida do ano

    Libertadores, vingança e tributo: Corinthians encara Cruzeiro neste domingo

    ver detalhes
  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes