Timão tem histórico de 'fracassos' com atacantes renomados; relembre

Timão tem histórico de 'fracassos' com atacantes renomados; relembre

Por Meu Timão

O atacante Vagner Love já completou sete meses desde que chegou ao Corinthians e, até agora, não conseguiu agradar a torcida alvinegra. Conhecido por ser o "Artilheiro do Amor", com números impressionantes, como os mais de 110 gols marcados pelo CSKA Moscou, Love ainda não conseguiu demonstrar o futebol esperado.

Nesse período, são 30 jogos com a camisa do Timão e apenas cinco gols marcados. Hoje, com as saídas de Guerrero e Sheik, Love é dono da camisa 9 e deveria ser o homem gol do time. Sem sucesso, ele pode até perder a posição de titular para Luciano, no clássico deste domingo contra o São Paulo.

No entanto, Vagner Love não está sozinho nessa situação. Outros grandes atacantes chegaram ao Timão e não conseguiram obter sucesso e conquistar a confiança da Fiel.

O Meu Timão relembra alguns nomes que fracassaram no ataque alvinegro:

Alexandre Pato (2013)

O atacante, que ainda pertence ao Timão, foi a maior contratação da história alvinegra, em 2013, mas não conseguiu vingar. Sendo opção na reserva por várias vezes, não conseguiu uma sequência no time. A paciência da torcida acabou na decisão da Copa do Brasil, quando ele cobrou um pênalti contra o goleiro Dida, do Grêmio, de maneira absurda. Ele foi negociado em uma troca com Jadson, por empréstimo, com o São Paulo, no início de 2014, e deixou o Timão com apenas 17 gols marcados.

Adriano (2011 e 2012)

Considerado um dos melhores atacantes do Brasil no início do século, Adriano teve uma curta passagem pelo Timão. Foi contratado em 2011 para substituir Ronaldo Fenômeno, mas nunca conseguiu recuperar a forma física dos seus tempos de "Imperador". Sofreu uma lesão, ficou seis meses afastado e só marcou dois gols em oito jogos pelo Corinthians.

Acosta (2008)

Acosta chegou ao Corinthians após ser vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2007, jogando pelo Náutico, com 19 gols. O uruguaio foi considerado um dos principais reforços do Timão em 2008, mas sofreu uma fatura na tíbia e ficou oito meses afastados do gramado. Acabou voltando para o Náutico e deixou o Corinthians com 39 jogos e apenas nove gols.

Amoroso (2006 e 2007)

Artilheiro em quase todos os clubes que passou, Amoroso não conseguiu repetir o seu início de carreira no Corinthians. Contratado em 2006, quando estava no Milan, da Itália, só atuou em 23 jogos pelo Timão e marcou quatro gols. No ano seguinte, já foi vendido para o Grêmio.

Defederico (2009 e 2010)

Outro estrangeiro que chegou ao Timão como uma grande promessa, Defederico foi contratado no meio de 2009, mas jamais correspondeu às expectativas. Ele chegou como o "Novo Messi" e deixou o clube com o apelido de "Devederico", fazendo alusão ao fato do Corinthians ter contratado o atleta por meio de um DVD com suas melhores jogadas. Deixou o clube com 40 jogos e três gols marcados.

Garrincha (1966)

Considerado o maior jogador de todos os tempos depois de Pelé, Garrincha não vingou no Corinthians. Contratado em 1966, após fazer história pelo Botafogo, o ponta direita não conseguiu repetir os dribles e já iniciava seus problemas com o álcool e no joelho. Por isso, só atuou em 13 jogos e anotou dois gols com a camisa alvinegra.

Muller (2000 e 2001)

Depois de se consagrar jogando no Palmeiras e no São Paulo, Muller não conseguiu repetir o sucesso em nenhuma das duas passagens pelo Timão. Na primeira, em 2000, só fez seis jogos; na segunda, apesar de ter ajudado a equipe a chegar na decisão da Copa do Brasil, em 2001, fez mais sete jogos só - no total, apenas três gols.

Paulo Nunes (2001)

Outro atacante que veio de um rival, Paulo Nunes chegou já com muita desconfiança da Fiel por suas histórias no Palmeiras. Ficou pouco tempo, não conseguiu convencer e só fez 25 jogos e anotou quatro gols.

(Créditos das imagens: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians; e Divulgação)

Veja Mais:

  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes