Lulinha revela que abriu mão do Manchester United para ficar no Corinthians

Lulinha revela que abriu mão do Manchester United para ficar no Corinthians

Por Meu Timão

Lulinha subiu para o profissional do Timão em 2007

Lulinha subiu para o profissional do Timão em 2007

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Apontado no Corinthians como promessa de craque, Lulinha chegou a ter seu passe avaliado em US$ 50 milhões (cerca de R$ 175 milhões). Além disso, em entrevista ao programa SporTV Repórter, o jogador revelou ter recebido uma proposta de um grande clube inglês. No entanto, otimista, decidiu ficar no Timão.

"Na época, eu tive uma oportunidade de ir para o Manchester, mas quis continuar no Corinthians", contou Lulinha.

Promovido ao futebol profissional do Timão em 2007, aos 16 anos, permaneceu no clube até 2009, entrando em campo por 85 partidas e marcando somente quatro gols, insignificantes quando comparados aos 297 marcados quando ainda fazia parte das categorias de base do clube do Parque São Jorge.

Com 25 anos, Lulinha já defendeu o Estorial e o Olhanense, ambos de Portugal, e o Bahia, por empréstimo; além de Ceará, Criciúma e Red Bull Brasil, último clube antes de assinar com o Botafogo. O atacante também defendeu a Seleção Brasileiras nas categorias de base.

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes