Lulinha revela que abriu mão do Manchester United para ficar no Corinthians

Lulinha revela que abriu mão do Manchester United para ficar no Corinthians

Por Meu Timão

12 mil visualizações 83 comentários Comunicar erro

Lulinha subiu para o profissional do Timão em 2007

Lulinha subiu para o profissional do Timão em 2007

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Apontado no Corinthians como promessa de craque, Lulinha chegou a ter seu passe avaliado em US$ 50 milhões (cerca de R$ 175 milhões). Além disso, em entrevista ao programa SporTV Repórter, o jogador revelou ter recebido uma proposta de um grande clube inglês. No entanto, otimista, decidiu ficar no Timão.

"Na época, eu tive uma oportunidade de ir para o Manchester, mas quis continuar no Corinthians", contou Lulinha.

Promovido ao futebol profissional do Timão em 2007, aos 16 anos, permaneceu no clube até 2009, entrando em campo por 85 partidas e marcando somente quatro gols, insignificantes quando comparados aos 297 marcados quando ainda fazia parte das categorias de base do clube do Parque São Jorge.

Com 25 anos, Lulinha já defendeu o Estorial e o Olhanense, ambos de Portugal, e o Bahia, por empréstimo; além de Ceará, Criciúma e Red Bull Brasil, último clube antes de assinar com o Botafogo. O atacante também defendeu a Seleção Brasileiras nas categorias de base.

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel ainda não definiu qual será o seu destino em 2019

    De volta ao Corinthians, Marquinhos Gabriel desperta interesse de mais três clubes

    ver detalhes
  • Jonathas não é mais jogador do Corinthians

    Corinthians devolve Jonathas ao Hannover e antecipa fim do empréstimo

    ver detalhes
  • Corinthians agora pode perder Romero de graça após o meio do ano

    Livre para firmar pré-contrato, Romero segue com futuro indefinido no Corinthians; relembre situação

    ver detalhes
  • Manoel chegou em São Paulo na tarde desta terça-feira

    Manoel desembarca para assinar e mostra ansiedade em vestir a camisa do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes