Longe do Palmeiras, Valdivia provoca Corinthians no Twitter

Longe do Palmeiras, Valdivia provoca Corinthians no Twitter

Por Meu Timão

6.3 mil visualizações 108 comentários Comunicar erro

Na véspera do clássico, ex-meia do Palmeiras acusa Timão de comprar Brasileiro

Na véspera do clássico, ex-meia do Palmeiras acusa Timão de comprar Brasileiro

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Mesmo não jogando mais no Palmeiras, adversário deste domingo, o meia Valdivia não esquece o Corinthians. Nesta sexta-feira, o chileno usou uma de suas redes sociais para fazer piada com o Timão em relação as recentes polêmicas envolvendo a arbitragem do Brasileirão.

"Liguei na NET para comprar um jogo do Brasileirão, mas a atendente me informou que o Corinthians já comprou todos", escreveu Valdivia, afirmando que o Timão teria comprado o Campeonato Brasileiro.

O Corinthians é líder do Brasileirão com folga - são sete pontos de diferença para o segundo colocado. Mesmo com boas atuações em campo, o time tem sofrido com acusações de favorecimento em relação a arbitragem.

O próximo adversário alvinegro é justamente o ex-clube de Valdivia. Neste domingo, às 16h, o Corinthians visita o Palmeiras, no Allianz Parque, pela 23ª rodada da competição nacional.

Confira o tweet publicado por Valdivia no seu Twitter

Veja Mais:

  • Paulo Roberto deve ser titular diante do Internacional

    Reapresentação do Corinthians indica um único titular contra Internacional; Sheik é ausência

    ver detalhes
  • Rodriguinho jogou amistoso pelo Brasil em junho de 2017, contra Austrália

    Rodriguinho, do Corinthians, compõe lista de suplentes da Seleção para Copa do Mundo

    ver detalhes
  • Roger será inscrito pelo Corinthians para fase mata-mata da Libertadores

    Roger e mais quatro: as possibilidades de mudanças na lista do Corinthians na Libertadores

    ver detalhes
  • Vilson vestiu sua camisa personalizada na Arena Corinthians

    Das ruas à Casa do Povo: torcedor que viralizou por camisa improvisada conhece a Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes