Árbitro do clássico e zagueiro do Santos entram na mira do STJD

Árbitro do clássico e zagueiro do Santos entram na mira do STJD

Por Meu Timão

4.8 mil visualizações 88 comentários Comunicar erro

Polêmica no clássico pode render denúncias do STJD

Polêmica no clássico pode render denúncias do STJD

Foto: Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians

A polêmica no clássico entre Corinthians e Santos, neste domingo, está longe de acabar. O árbitro da partida, Flavio Rodrigues Guerra, deve ser denunciado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O zagueiro David Braz também será avaliado.

O procurador-geral do STJD, Paulo Schmitt, vai analisar todas as informações e vídeos do lance para decidir se os dois serão ou não denunciados. Uma decisão será tomada até quarta-feira dessa semana.

O lance aconteceu no segundo tempo do jogo entre Corinthians e Santos, neste domingo. O lateral Zeca cometeu um pênalti em Vagner Love, mas o árbitro expulsou o zagueiro David Braz.

Na súmula da partida, o árbitro relata que Braz foi expulso por reclamação e relata ofensas da parte do jogador do Santos. No entanto, imagens das emissoras de transmissão contradizem a versão de Guerra. O presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, está acusando o árbitro de falsidade ideológica.

Veja Mais:

  • Vazou nas redes sociais suposta imagem da nova terceira camisa do Corinthians

    Vaza foto da nova terceira camisa do Corinthians nas redes sociais; veja os detalhes

    ver detalhes
  • Díaz foi convocado antes mesmo de estrear pelo Corinthians

    Dupla do Corinthians é convocada pelo Paraguai e pode perder eventual final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Arena Corinthians já exibiu 12 mosaicos e prepara bonita festa contra o Flamengo

    Arena Corinthians prepara seu 13º mosaico contra o Flamengo; tema deve enaltecer a Fiel

    ver detalhes
  • Lucas Piton assinou contrato profissional com o Corinthians

    Lateral do Sub-20 assina contrato profissional com 100% dos direitos vinculados ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes